4 de out de 2014

McLaren exclusivo para pista

McLaren exclusivo para pista




McLaren exclusivo para pistaVersão Sprint transforma McLaren 650 S num carro de corrida para milionários de apenas seis dígitospor Danilo Barba
A McLaren não é exatamente a marca mais plebeia do mundo, mas ultimamente a inglesa vem prestando atenção naqueles que têm muita vontade, porém nem tanto dinheiro assim, pra pilotar grandes máquinas na pista de corrida. Não foi por acaso que a marca inglesa escolheu o Pebble Beach Concours d’Elegance — um evento de clássicos em Monterey, na Califórnia — para lançar um novo brinquedo para os abastados: o novo McLaren 650S Sprint.
Apresentado num esquema de cores inverso ao 650S GT3, com o preto e laranja sobre a carroceria branca, o novo Sprint apresenta uma série de melhorias em relação ao modelo de passeio. E elas vão muito além das saídas de ar no capô e do aerofólio traseiro mais pronunciado.
Tomando o lugar da 12C Sprint, a nova McLaren 650S Sprint é mais rápida até que a GT3: o supercarro alcança velocidade máxima de 333 km/h e precisa de míseros 3 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h. 
Ao contrário da maioria dos participantes de qualquer track day, que vão guiando os carros que irão pilotar até a pista, o McLaren 650S Sprint não pode rodar pelas ruas, já que não é homologado pra isso. Sim, o bólido é perfeito pra dar aquele “ralo” na galera, entretanto você vai precisar de um veículo maior pra transportar o brinquedo. Com um motor 3.8 biturbo V8 (M838T) de 641 cavalos, a 650S Sprint vem com uma carroceria otimizada para iniciantes, proporcionando mais estabilidade e facilitando o resfriamento do motor. Por ser um carro de corrida, Sprint traz tanque de combustível pra competição, radiador ampliado, suspensão recalibrada e rodas de 19 polegadas com trava central. 
Além disso,o esportivo de luxo também segue todas as exigências de segurança para um track day, oferecendo gaiola de proteção, extintor de incêndio,bancos de corrida e sistema pneumático de macacos acionado a bordo (para trocas de pneus mais rápidas). 
O valor? Cerca de R$ 738 mil reais, sem contar os impostos de importação. Embora seja um valor alto para todos nós, é uma quantida razoável para um carro que dá uma briga boa com outros bólidos BEM mais caros, como a LaFerrari FXX e o Pagani Zonda Rs.por Danilo Barba
A McLaren não é exatamente a marca mais plebeia do mundo, mas ultimamente a inglesa vem prestando atenção naqueles que têm muita vontade, porém nem tanto dinheiro assim, pra pilotar grandes máquinas na pista de corrida. Não foi por acaso que a marca inglesa escolheu o Pebble Beach Concours d’Elegance — um evento de clássicos em Monterey, na Califórnia — para lançar um novo brinquedo para os abastados: o novo McLaren 650S Sprint.
Apresentado num esquema de cores inverso ao 650S GT3, com o preto e laranja sobre a carroceria branca, o novo Sprint apresenta uma série de melhorias em relação ao modelo de passeio. E elas vão muito além das saídas de ar no capô e do aerofólio traseiro mais pronunciado.
Tomando o lugar da 12C Sprint, a nova McLaren 650S Sprint é mais rápida até que a GT3: o supercarro alcança velocidade máxima de 333 km/h e precisa de míseros 3 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h. 
Ao contrário da maioria dos participantes de qualquer track day, que vão guiando os carros que irão pilotar até a pista, o McLaren 650S Sprint não pode rodar pelas ruas, já que não é homologado pra isso. Sim, o bólido é perfeito pra dar aquele “ralo” na galera, entretanto você vai precisar de um veículo maior pra transportar o brinquedo. Com um motor 3.8 biturbo V8 (M838T) de 641 cavalos, a 650S Sprint vem com uma carroceria otimizada para iniciantes, proporcionando mais estabilidade e facilitando o resfriamento do motor. Por ser um carro de corrida, Sprint traz tanque de combustível pra competição, radiador ampliado, suspensão recalibrada e rodas de 19 polegadas com trava central. 
Além disso,o esportivo de luxo também segue todas as exigências de segurança para um track day, oferecendo gaiola de proteção, extintor de incêndio,bancos de corrida e sistema pneumático de macacos acionado a bordo (para trocas de pneus mais rápidas). 
O valor? Cerca de R$ 738 mil reais, sem contar os impostos de importação. Embora seja um valor alto para todos nós, é uma quantida razoável para um carro que dá uma briga boa com outros bólidos BEM mais caros, como a LaFerrari FXX e o Pagani Zonda Rs.

Fonte: R7
Publicado em: 2014-09-21T21:46:10-03:00
Ler mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário