10 de set de 2014

Chevrolet Sonic e Agile saem de linha no Brasil

Chevrolet Sonic e Agile saem de linha no Brasil

Após muito relutar e depois de muito observar o mercado brasileiro, eis que a Chevrolet finalmente se rendeu aos fatos e acabou optando por tirar de linha dois de seus modelos mais importantes: o Sonic e o Agile. Com baixas vendas, os dois modelos não estavam conseguindo fazer frente aos seus rivais de segmento, o que fez com que a Chevrolet acabasse por optar pela retirada de linha dos dois, que já não aparecem mais na lista de modelos do site oficial da montadora para o Brasil.

O que determinou o fim da linha tanto para o Sonic, quanto para o Agile, foram as baixas vendas, sendo que nenhum dos dois modelos conseguiu cair no gosto do cada vez mais exigente consumidor brasileiro. E ambos viram seus principais rivais, o Volkswagen Fox, o Renault Sandero, o Ford New Fiesta e os Honda Fit e City, crescerem em suas vendas de modo considerável, deixando-os para trás sem cerimônias. No entanto, um fator curioso pode ter determinado o fim da linha para os dois modelos, e este fator representou um golpe vindo de dentro da própria Chevrolet. O golpe em questão foi o lançamento do Onix, que chegou ao mercado nacional em 2012, e que desde então, acabou por se tornar o principal veículo em vendas da Chevrolet dentro do mercado brasileiro. Com isto, o sucesso do Onix, ao invés de apenas fazer frente aos principais rivais da montadora, acabou por debilitar os já combalidos “irmãos” Sonic e Agile, que perderam consumidores para o novo hatch da montadora estadunidense, em um processo que os especialistas classificam de “canibalização”.

Com as baixas vendas, a Chevrolet decidiu retirá-los de linha, encerrando a importação dos dois modelos, que era feita até então, e excluindo os dois de seu site oficial, como já dito anteriormente. No entanto, é importante ressaltar que o Agile, ao menos em seu primeiro ano, apresentou boas vendas, que foram caindo gradativamente até os péssimos números dos últimos meses. Já o Sonic, jamais caiu nas graças do consumidor brasileiro, não tendo conseguido apresentar boas vendas em nenhum mês sequer, o que explica a decepção e toda a frustração da Chevrolet para com o modelo. Pois além do Onix, outro golpe de dentro da própria Chevrolet foi a chegada do sedã Cobalt, que passou a ofuscar o Sonic em sua versão sedã, em mais um processo de “canibalização”. 
A Chevrolet se rendeu ao baixo número de vendas e acabou optando por tirar de linha dois de seus modelos mais importantes: o Sonic e o Agile.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Mercado
Publicado em: 09 Sep 2014 15:27:00
Ler mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário