28 de set de 2014

BMW anuncia recall do Série 3 por falha no air bag

BMW anuncia recall do Série 3 por falha no air bag



Modelos envolvidos no recall foram produzidos entre 1999 e 2006 Divulgação A BMW anunciou nesta terça-feira (9) um chamado de 3.843 unidades do sedã Série 3, fábricadas entre setembro de 1999 e janeiro de 2006, para substituição gratuita da bolsa do air bag dianteiro.

A medida ocorre pois o sistema pode apresentar infiltração de água na caixa do gerador de gás do air bag. Nesse caso, o dispositivo pode não abrir ou até mesmo abrir involuntariamente, causando danos físicos e materiais aos passageiros.   
 
As versões envolvidas no recall são 320i, 323Ci, 323i, 325Ci, 325i, 328i, 330Ci, 330i e M3. Segundo a montadora, o tempo gasto para a substituiçção da peça é de 30 minutos, aproximadamente.

Para mais informações, a BMW disponibilizou o telefone 0800 707 3578 (disponível de 2ª a 6ª, das 8 às 19h) e o site www.bmw.com.brconfira ao fim desta nota a lista de chassis não sequenciais envolvidos no chamado. Problemas com air bag Chamados envolvendo problemas no sistema de air bag têm sido recorrentes neste ano. Em junho, três grandes montadoras japonesas — Honda, Nissan e Mazda — anunciaram um recall mundial de quase 3 milhões de veículos devido a falhas no sistema de air bag. No Brasil, esse chamado refletiu no chamado de mais de 20 mil unidades do Civic e CR-V. Dias depois, a General Motors suspendeu as vendas do Cruze (2013-2014) nos Estados Unidos e Canadá devido a um problema nos air bags. Ainda em junho, a Chevrolet convocou 39 unidades do Camaro para reparo do sistema do air bag dianteiro do lado esquerdo, que poderia não se abrir em caso de batida. Em julho, a Nissan convocou 148 unidades do utilitário Pathfinder por problemas no air bag. O chamado foi uma extensão do anúncio realizado em abril de 2013 pela mesma falha. Neste mês, a Honda convocou os proprietários dos automóveis Accord, CR-V e Civic a comparecerem, a partir do dia 12 de setembro, a uma das concessionárias autorizadas da marca para a substituição gratuita do insuflador do air bag. Legislação O Procon-SP informa que o consumidor envolvido no chamado que tiver qualquer dificuldade para realizar o reparo ou substituição do componente defeituoso poderá procurar um órgão de defesa do consumidor. É recomendável ao proprietário do veículo exigir o comprovante do serviço realizado, documento que por segurança deve ser conservado e repassado adiante, em caso de venda. Caso tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário terá o mesmo direito ao reparo gratuito.

Os carros que não forem reparados ou inspecionados em até 12 meses após o início do recall terá a informação lançada no campo "observações" do próximo CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) emitido pela autoridade de trânsito, conforme determina a Portaria Conjunta nº 69 de 15/12/2010, da Secretaria de Direito Econômico e do Diretor do Departamento Nacional de Trânsito. Os chassis não sequencias envolvidos no recall da BMW são: 320i                                    
CF31594 a CF32067
CG50044 a CG54278
FT76122 a FT77736
KK47878 a KK80577

323Ci
JH66983 a JH68098 323i
FM82477 a FM86081

325Ci
JW20336 a JW22125

325i
FV85046 a FV87493
FX01595 a FX01663
JS50505 a JS50982
JV00439 a JV00445
KL37678 a KL49918

328i
EH74743 a EH75998
JL95001 a JL95602

330Ci
EH30480 a EH36596
EW00294 a EW01843
PJ60267 a PJ62513
PK44137 a PK46567

330i
FZ00546 a FZ11753
JT01477 a JT47995
KM65618 a KM68140
KN50086 a KN52537
PD81142 a PD82062
PE00010 a PE02163

M3
JP75142 a JP90860 Saiba tudo sobre carros! Acesse www.r7.com/carros

Fonte: R7
Publicado em: 2014-09-09T11:22:00-03:00
Ler mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário