13 de set de 2014

Motoqueiro é vítima de 75% dos acidentes indenizados por seguro obrigatório

Motoqueiro é vítima de 75% dos acidentes indenizados por seguro obrigatório



Apesar de representar apenas 23% da frota nacional, motos concentraram maioria das indenizações do seguro obrigatório Estadão Conteúdo/2011 Os acidentes com motos representaram 75% das indenizações do seguro obrigatório de veículos (DPVAT) entre janeiro e junho deste ano, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (25) pela Líder, que administra o seguro no País.

Em relação ao primeiro semestre de 2013, o número de indenizações cresceu 14% e chegou a 340.539 — o número de acidentes com carros e caminhões respondeu por 23% dos casos. A cada quatro indenizações, três são recebidas por vítimas do sexo masculino.

A pesquisa informou ainda que a faixa etária mais atingida foi de 18 a 34 anos, com 52% das indenizações. A região que concentrou o maior número de vítimas indenizadas, por sua vezm foi o Nordeste (34%), embora sua frota seja apenas a terceira maior do país (16% dos veículos).

Ao contrário do esperado, a maioria dos acidentes ocorreu no fim da tarde (entre 17h e 19h59), com 23% das indenizações, seguido pela tarde (entre 13hs e 16h59), com 21% das indenizações no semestre.

Nesse período, a maior incidência de vítimas foram os motoristas (63%), sendo que os casos de invalidez permanente respondem por 76% das ocorrências. A região Sudeste, por sinal, concentrou a maior incidência dos acidentes com vítimas fatais (37%).   Saiba tudo sobre carros! Acesse www.r7.com/carros
 

Fonte: R7
Publicado em: 2014-08-25T16:49:20-03:00
Ler mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário