17 de out de 2014

Quais cores mais desvalorizam o carro?

Quais cores mais desvalorizam o carro?

Na hora de comprar um carro é preciso pensar em vários fatores e é importante pensar que não se trata apenas de priorizar o conforto e a segurança, mas é também essencial que você saiba quanto tempo precisará passar com o automóvel e quais as condições de revenda que encontrará depois desse período para o seu automóvel. Nesse sentido, é preciso entender que alguns modelos apresentam uma depreciação mais baixa e tem uma revenda facilitada, enquanto que outros acabam ficando encalhados e você perde muito dinheiro. No entanto, um fator que nem todas as pessoas se preocupam, mas que é de fundamental importância na hora de escolher um carro está na cor da pintura do veículo. Escolher a cor do carro é uma questão muito maior do que o preço a ser pago por cada variação e estética, mas reflete também a desvalorização que seu carro pode sofrer somente pela cor utilizada.

Pesquisa revela as cores que mais desvalorizam o automóvel

Foi realizada uma pesquisa com automóveis de modelos iguais e de mesmo ano para mostrar como a cor pode influenciar na depreciação do modelo. Para isso, foram analisados veículos de diferentes modelos que valem entre 20 e 40 mil reais e a variação de seu valor entre agosto de 2012 e de 2014. Nesse sentido, é preciso entender que a depreciação está diretamente relacionada com a oferta e a procura, de forma que quanto maior a demanda, menor a perda de valor e ao contrário. Por conta disso, os carros populares são os que têm sempre um menor valor de depreciação, já que são mais procurados para compra de usados, ocasionando uma menor desvalorização dos modelos.

Sobre a cor, a pesquisa revelou que nos carros sedã são os carros prata que tem a maior taxa de desvalorização (-10,66%), seguido dos pretos (-10,6%) e dos cinzas (-9,95%), enquanto que os automóveis de cor azul foram os que tiveram a menor desvalorização (-8,45%). Nos carros hatch os modelos de cor amarela são os que perdem mais valor, chegando a cerca de -10,5% e, em seguida, aparecem os carros prata (-10,39%) e os pretos (-10,21%). Já os de cor azul e branca foram os que apareceram como mais vantajosos e que menos perderam valor, com uma depreciação no valor de mercado de -8,38% e -7,70%, respectivamente. A pesquisa impressiona, mas é uma excelente dica para quem vai trocar de automóvel.
Sobre a cor, a pesquisa revelou que os carros sedans de cor prata são os que têm a maior taxa de desvalorização (-10,66%).

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Curiosidades
Publicado em: 15 Oct 2014 16:46:00
Ler mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário