31 de dez de 2014

Protótipo autônomo do Google já está funcionando

Protótipo autônomo do Google já está funcionando

No último dia 22 de dezembro, o Google apresentou ao mundo uma novidade que realmente será extremamente inovadora e revolucionária: o seu protótipo autônomo de carro para o futuro.

Veja também:

  • Google coloca pessoas para ter sua primeira experiência em um carro autônomo
E o melhor de tudo é que ele já está funcionando e apresenta grande quantidade de diferenciais em relação ao último protótipo do gênero apresentado pelo Google em maio deste ano, além de também apresentar correções em relação às falhas apresentadas pela versão anterior.

Capaz de dirigir sozinho



Isto pode não ser considerado por muita gente como sendo uma grande novidade, mas o fato é que o protótipo autônomo apresentado pelo Google tem como grande diferencial a sua capacidade de dirigir sozinho, sem a presença de um motorista humano. Muito melhor do que o modelo que foi apresentado em maio, até mesmo o Google admitiu que a versão apresentada em maio nada mais era do que uma versão que ainda não estava pronta e que apenas antecipava o que seria apresentado num futuro não muito distante. E o que se viu foi a confirmação disto, já que o novo protótipo autônomo traz melhorias consideráveis e soluções interessantes para os problemas e falhas detectados no modelo de maio. Dentre as principais alterações feitas pelo Google, está a inserção de faróis dianteiros, cuja ausência no modelo de maio foi considerada a principal falha do veículo na época de sua apresentação.

Ideal para os testes

Depois de muito trabalhar e de muito pesquisar, o próprio Google admitiu que a versão atual do protótipo autônomo deverá ser a ideal para que os próximos testes possam ser realizados dentro do planejado. A empresa fez questão de afirmar que todos os dispositivos e equipamentos utilizados no projeto foram pesquisados e desenvolvidos pela própria empresa, o que gera grande expectativa em torno do que está por vir.

Mudanças por questões legais

O Google teve, por conta de questões legais do departamento de trânsito da Califórnia, de fazer algumas alterações no projeto original, que não incluía pedais e volante. Como para o departamento de trânsito da Califórnia, estes são itens essenciais para que um veículo possa circular pelas ruas do estado, o Google se viu diante da necessidade de inserir os dois itens no protótipo autônomo. A ideia original da empresa era a de criar modelos que não permitissem e que não necessitassem da ajuda de um ser humano em hipótese alguma. 
O fato é que o protótipo autônomo apresentado pelo Google tem como grande diferencial a sua capacidade de dirigir sozinho, sem a presença humana.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Curiosidades
Publicado em: 30 Dec 2014 19:15:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário