12 de dez de 2014

Primeiras impressões do Citroën C4 Lounge THP Flex

Primeiras impressões do Citroën C4 Lounge THP Flex

O Citroën C4 Lounge é um daqueles modelos que brigam no mercado brasileiro de sedãs médios. O segmento é dominado há anos por Toyota Corolla e Honda Civic, mas abriga modelos interessantes como Chevrolet Cruze, Nissan Sentra, Renault Fluence, Ford Focus e o próprio C4 Lounge, entre outros. Para tentar se diferenciar dos concorrentes e ganhar vendas, a Citroën acaba de lançar a versão THP Flex do C4 Lounge, com foco na esportividade. Trata-se do primeiro motor turbo bicombustível produzido pelo grupo PSA Peugeot Citroën e também o primeiro sedã médio a oferecer no Brasil um motor turbo com injeção direta que rode tanto com gasolina quanto com etanol. Não houve mudanças estéticas em relação ao modelo apresentado no Brasil no final de 2013.

Veja também:

  • Teste do Citroën C4 Lounge 2.0 Tendance
  • Teste do Citroën C4 Lounge THP
Em um segmento tão disputado, pequenas novidades como essa podem até fazer alguma diferença – ainda mais em um ano com uma queda das vendas gerais de automóveis que deve fechar perto dos 10%. Para 2015, as previsões da marca francesa são de que o mercado nacional deve se manter estável em relação a esse ano. Mas a Citroën leva fé no seu lançamento. Tanto que acredita que a chegada da versão THP flex ajude o C4 Lounge a subir das atuais 780 unidades mensais em média para algo acima dos mil emplacamentos por mês em 2015. 

A estrela do novo lançamento é mesmo o motor 1.6 de 4 cilindros turbinado com injeção direta em versão flex, com tecnologia bicombustível da alemã Bosch. Com puro etanol no tanque, a potência máxima do C4 Lounge THP subiu para 173 cv – eram 165 na versão movida apenas a gasolina. Já o torque máximo ficou em idênticos 24,5 kgfm, que surgem sempre nas mesmas 1.400 rpm, independentemente do combustível usado. Segundo a Citroën, rodando apenas com etanol, a aceleração de zero a 100 km/h pode ser feita em 8,9 segundos e a velocidade máxima atinge os 214 km/h.

Além do motor com tecnologia flex, o trem de força também é reforçado por uma nova geração do câmbio automático sequencial de seis marchas, com um novo conversor de torque. Segundo a Citroën, a transmissão colabora para que o modelo seja até 7,5% mais econômico que o THP anterior, que rodava apenas com gasolina. Além disso, o novo câmbio incorpora a função RDT – redução de tração –, que reduz as vibrações em marcha lenta quando o carro está na posição Drive. Um circunstância cada vez mais usual no trânsito engarrafado das metrópoles brasileiras.

O C4 Lounge THP Flex é oferecido em duas versões, ambas com nomes afetadamente franceses – algo coerente com uma marca que adota o slogan “creative technologie” em francês e sem tradução em todo o mundo. A mais básica é a Tendance, que já vem com câmbio automático sequencial de seis velocidades, ABS com Repartidor Eletrônico de Frenagem (REF) e Auxílio à Frenagem de Urgência (AFU), travamento automático das portas com o veículo em movimento, ar-condicionado automático digital bizone, central multimídia com CD/Mp3 e comando no volante, GPS e tela colorida de 7 polegadas, entre outros equipamentos. Sai por R$ 78.790. A “top” é a Exclusive, que incorpora airbags laterais e de cortina, retrovisores externos rebatíveis eletricamente, soleiras cromadas, sensores de obstáculos dianteiros e traseiros com indicação gráfica e sonora, câmera de ré, sistema de keyless e botão start/stop. Essa custa R$ 85.490. O teto solar é um opcional oferecido apenas para a versão Exclusive.

Primeiras impressões

Guarulhos/SP - O C4 Lounge THP flex avaliado era da versão Tendance. O teste foi realizado em um trajeto predominantemente rodoviário, entre as cidades paulistas de Guarulhos e Caçapava. Nas boas estradas da região, foi possível perceber que o sedã oferece respostas bastante imediatas às solicitações do acelerador e oferece retomadas vigorosas, sem titubear. O sedã também mostrou bom equilíbrio nas curvas em alta, algo que instiga que se explore ao máximo o seu potencial esportivo. E o controle de estabilidade ESP é de série, tanto na versão Tendance quanto na Exclusive. É uma boa notícia perceber que o conjunto suspensivo honra as boas tradições da marca e dá bom suporte aos ímpetos do trem de força. Nas frenagens bruscas, a imobilização do veículo ocorre prontamente e sem oscilações na trajetória.
O teste deu direito a acelerar forte numa das futuras pistas de pouso do Aerovale, no município de Caçapava, que será o primeiro complexo empresarial com aeroporto privado da América Latina. Lá, foi possível realizar um slalom e algumas simulações do famoso “teste do alce” – uma mudança de faixa brusca diante de um obstáculo frontal. Também foi uma boa ocasião para enterrar o pé direito no acelerador até atingir a marca de 177 km/h. Depois disso, o final da pista começou a se aproximar rapidamente e tornou-se mais recomendável reduzir a pressão no pedal da direita e começar a pisar no da esquerda – o freio. Uma pena. Um quilômetro a mais de pista certamente tornaria a brincadeira ainda mais divertida...

Ficha técnica

Citroën C4 Lounge THP Flex

Motor: Gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.598 cm³, turbo com intercooler, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro. Comando duplo de válvulas no cabeçote com sistema de variação de abertura na admissão e escape. Injeção eletrônica multiponto e acelerador eletrônico.
Transmissão: Câmbio automático de seis marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Oferece controle de tração.
Potência máxima: 173 cv com etanol e 166 com gasolina a 6 mil rpm.
Torque máximo: 24,5 kgfm com gasolina/etanol a 1.400 rpm.
Aceleração 0-100 km/h: 8,9 segundos com etanol e 9,2 s com gasolina.
Velocidade máxima: 214 km/h.
Diâmetro e curso: 77,0 mm x 85,8 mm.
Taxa de compressão: 10,2:1.
Suspensão: Dianteiro tipo pseudo McPherson e traseira com travessa deformável. Molas helicoidais, amortecedores hidráulicos pressurizados à gás e barra estabilizadora nos dois eixos. Oferece controle de estabilidade de série.
Pneus: 225/45 R17.
Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás. Oferece ABS com EDB.
Carroceria: Sedã em monobloco, com quatro portas e cinco lugares. 4,62 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,50 m de altura e 2,71 m de entre-eixos. Oferece airbags frontais, laterais e de cortina.
Peso em ordem de marcha: 1.469 kg (Tendance) e 1.500 kg (Exclusive).
Capacidade do porta-malas: 450 litros.
Tanque de combustível: 60 litros.
Produção: El Palomar, Argentina.
Lançamento no Brasil: 2013.
Lançamento do motor THP Flex: 2014.

Itens de série

Tendance: airbag duplo, rodas com desenho Arena, acabamento interno do painel na cor prata, dupla ponteira de escapamento integrada ao para-choque, friso cromado entre as lanternas traseiras, frisos laterais cromados, maçanetas das portas na cor do veículo, painel de instrumentos digital/analógico, apoio de braço dianteiro com porta-objetos, bancos de couro e outros materiais, bancos traseiros rebatíveis, volante multifuncional em couro com detalhes e com regulagem de altura e profundidade, central multimídia com tela colorida de 7 polegadas com CD/MP3/USB, Bluetooth e GPS integrado, ar-condicionado automático digital bi-zone, controle de estabilidade, fixação Isofix, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com regulagem elétrica e sensores de chuva e crespuscular.
Preço (Tendance): R$ 78.790
Exclusive: adiciona airbags laterais e de cortina, retrovisores elétricos rebatíveis eletricamente, sistema keyless, botão start/stop, câmara de ré colorida, detectores de obstáculos traseiros e dianteiros com indicação gráfica e sonora, acabamento interno do painel na cor preto brilhante, painel de instrumentos digital/analógico personalizável em 5 tons do branco ao azul, soleiras dianteiras cromadas e rodas com desenho Dodragao.
Preço (Exclusive): R$ 85.490.
Opcionais: Teto solar elétrico e pintura metálica.
Autor: Luiz Humberto Monteiro Pereira (Auto Press)
Fotos: Luiz Humberto Monteiro Pereira/Carta Z Notícias

Na soma dos detalhes - Para tentar crescer entre os sedãs médios, Citroën lança versão THP Flex do C4 Lounge

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Testes
Publicado em: 10 Dec 2014 15:45:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário