30 de jul de 2015

Primeiras impressões do Volkswagen Up! TSI

Primeiras impressões do Volkswagen Up! TSI

Conteúdo em Vídeo
Veja também:
  • Teste do Volkswagen Cross Up!
  • Teste do Volkswagen Red Up! I-Motion
  • Teste do Volkswagen Up! Move Up!
  • Teste do Volkswagen Up! White Up!
  • Volkswagen apresenta novo Up! TSI
É verdade que o Up! não emplacou do jeito que a Volkswagen esperava no Brasil. Mas a marca alemã não deixou de apostar no hatch compacto por causa disso. Ao contrário: agora conta com uma novidade na sua gama que, acredita, seja capaz de aumentar seu desempenho consideravelmente não apenas nas ruas, mas também nas vendas: o motor turbinado 1.0 TSI, fabricado no Brasil e oferecido no modelo, por enquanto, apenas no mercado nacional.

O motor 1.0 de três cilindros com turbocompressor aumentou em 28% a potência e em 62% o torque do Up!. Enquanto o aspirado rende 75 cv e 82 cv com gasolina e etanol no tanque, sua versão mais “nervosa” entrega 101 cv e 105 cv com os mesmos combustíveis. Já o torque passou dos 9,7 kgfm e 10,3 kgfm conseguidos até então para 16,8 kgfm tanto com gasolina quanto com etanol. A transmissão é sempre manual com cinco marchas e, no caso do Up! TSI, há controle eletrônico de tração.

A expectativa da marca é que o novo propulsor incremente os emplacamentos do Up! em cerca de 20% e se estabilize na faixa de 30% de toda a gama comercializada. Para isso, o trem de força com turbocompressor fica disponível em todas as versões a partir da intermediária Move, já com ar-condicionado, direção, trava, retrovisores e vidros dianteiros elétricos e rádio com CD/MP3/USB e Bluetooth. A diferença de preço entre as configurações com motor aspirado e as que levam o turbinado é de R$ 3.100. Ou seja, no caso da Move, custa R$ 40.390 e R$ 43.490, respectivamente – trata-se do carro turbo mais barato do Brasil. Já as opções topo de linha Red, White e Black passam a ser vendidas somente com turbo, a R$ 48.690, e deixam de serem as mais caras, com a chegada da série especial Speed Up!.

A versão custa R$ 49.990 e é oferecida somente na cor branca, com o teto e tampa do porta-malas pretos – no Up! TSI, esta última peça é sempre escurecida, uma espécie de alusão à tampa de vidro que o modelo recebe na Europa. Retrovisores e adesivos laterais azuis expressam a eficiência energética do conjunto, comprovada pela avaliação do Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro. O Up! TSI recebeu nota A e registrou consumo energético de 1,44 MJ/km, o melhor nível registrado até agora no Brasil. São 9,6 km/l e 11,1 km/l na cidade e na estrada quando abastecido com etanol e impressionantes 13,8 km/l e 16,1 km/l na cidade, quando há gasolina no tanque.

Esteticamente, além da característica tampa preta do porta-malas e da versão especial Speed Up!, o compacto quase não muda. Quase, porque o para-choque ganhou 4 centímetros para que as novas peças do motor TSI coubessem sob o capô. Com isso, passou dos 3,60 metros de comprimento das versões MPI para os 3,64 m de comprimento nas turbinadas.

Primeiras impressões

Campinas/SP – O motor 1.0 MPI, com 82 cv quando há etanol no tanque, já impressiona no compacto da Volkswagen. Mas equipado com o novo propulsor TSI, com 105 cv quando abastecido com etanol, o Up! mostra vigor e desenvoltura ímpares nesta faixa de preço. Mais do que o ganho de 28% em relação à potência, a principal vantagem aparece já aos 1.500 giros, com o torque de 16,8 kgfm. Na prática, basta pisar o pedal direito para obter respostas imediatas e um desempenho facilmente comparado a um modelo até 1.8 litro.
Desde as saídas de sinal até as ultrapassagens e retomadas mais urgentes, a impressão que se tem é de que não falta força para nada. É claro que não se trata de um superesportivo – e nem poderia, pelos iniciais R$ 43.490 cobrados pelo modelo. Mas a velocidade máxima de 184 km/h e o zero a 100 km/h em apenas 9,1 segundos já deixam claro que o Up! TSI está bem distante dos outros hatches compactos com motorização 1.0. È, disparado, a versão mais divertida da linha.

Ficha técnica

Volkswagen Up! TSI

Motor: Etanol e gasolina, dianteiro, transversal, 999 cm³, três cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, turbocompressor. Injeção direta e acelerador eletrônico.
Transmissão: Câmbio manual com cinco marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Controle eletrônico de tração. 
Potência máxima: 105 e 101 cv a 5 mil rpm com etanol e gasolina.
Torque máximo: 16,8 kgfm entre 1.500 e 4 mil rpm com etanol e gasolina.
Aceleração de 0 a 100 km/h: 9,1 segundos.
Velocidade máxima: 184 km/h.
Diâmetro e curso: 74,5 mm X 76,4 mm.
Taxa de compressão: 10,5:1.
Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, com braços triangulares transversais, molas helicoidais, amortecedores telescópicos hidráulicos e barra estabilizadora. Traseira interdependente, com braços longitudinais e molas helicoidais. Não oferece controle eletrônico de estabilidade.
Pneus: 175/70 R14 (Move) ou 185/60 R15.
Freios: Discos ventilados na frente e discos à tambor atrás. Oferece ABS com EBD de série.
Carroceria: Hatch compacto em monobloco, com quatro portas e cinco lugares. 3,64 metros de comprimento, 1,64 m de largura, 1,50 m de altura e 2,42 m de entre-eixos. Oferece airbags frontais de série.
Peso: Entre 951 kg e 1 mil kg, em ordem de marcha.
Capacidade do porta-malas: 285 litros.
Tanque de combustível: 50 litros.
Produção: Taubaté, Brasil.
Lançamento mundial: 2011.
Lançamento no Brasil: 2014.
Lançamento do novo motor 1.0 TSI: 2015.

Itens de série e preços

Move Up! TSI: ar-condicionado, direção elétrica, banco do motorista e coluna de direção com ajuste de altura, computador de bordo, sistema de som com rádio/CD/Bluetooth/USB/AuX/iPod, rodas de aço aro 14 com calotas, chave com alarme e comando remoto, travas elétricas e vidros dianteiros elétricos, sistema ISOFIX para fixação de cadeirinha de criança, maçanetas na cor do veículo e porta-malas com sistema de ajuste variável de espaço.
Preço: 43.490. 
High Up! TSI: adiciona sensor de estacionamento traseiro, faróis e lanterna de neblina, bancos revestidos em couro sintético, rodas de liga leve aro 15, tapetes de carpete, volante com aplique plástico preto brilhante, painel com aplique colorido.
Preço: R$ 48.040. 
Black/White/Red Up! TSI: adiciona acabamentos exclusivos, como frisos laterais com efeito cromado, aro cromado no farol de neblina, aplique cromado no volante revestido de couro sintético, revestimento exclusivo nos bancos. Pacote “Black”, “White” ou “Red”, com rodas de liga leve aro 15 e aplique colorido no painel.
Preço: R$ 48.690. 
Cross Up! TSI: adiciona acabamentos exclusivos, como grade frisos laterais, aro cromado no farol de neblina, aplique cromado no volante revestido de couro sintético, revestimento exclusivo nos bancos, rack de teto longitudinal, acabamento em prata nos para-choques e roda de liga leve aro 15.
Preço: R$ 47.030.
Speed Up! TSI: adiciona acabamentos exclusivos, como adesivos laterais, espelho com pintura azul, teto e seção central da grade pintados de preto, rodas aro 15, saias laterais, acabamento em tom de alumínio nas soleiras de porta, acabamento do painel em preto brilhante, forração de teto e colunas “A” em tecido preto, manopla com acabamento diferenciado.
Preço: R$ 49.990.
Autor: Márcio Maio (Auto Press)
Fotos: Márcio Maio/Carta Z Notícias

Pequeno e abusado - Volkswagen lança o Up! TSI, com motor 1.0 turbo de 105 cv e ganho de 62% de torque

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Testes
Publicado em: 29 Jul 2015 14:00:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário