23 de set de 2016

Vale a pena pagar mais caro na Gasolina Premium?

Vale a pena pagar mais caro na Gasolina Premium?

Quando você vai ao posto, a decisão de qual gasolina utilizar não é algo tão simples. Assim que entra você vê diversas opções. A gasolina comum junto ao etanol (ou álcool) tem os preços mais em conta, enquanto algumas outras opções são mais caras mas dizem trazer diversos benefícios ao seu carro. Muita gente mal sabe a diferença entre a gasolina comum e a premium. A diferença principal é a variação de octanagem dentro do combustível. A gasolina premium é um tipo de combustível vendido com um tipo maior de octanagem. A octanagem foi criada como um índice para indicar o comprimento das cadeias das diferentes cadeias de carbono presentes nos diversos modelos de gasolina. Quanto maior o índice de octanagem, mais difícil é o processo que ocorre a pré-detonação, também chamada de batida de pino, que é a ignição do combustível antes da vela enviar a centelha.

Hora certa de detonação

O dono da Power Burst, Eduardo Polatti é figura chave no desenvolvimento de tecnologias energéticas, que chegou até a trabalhar em combustíveis para fórmula 1 quando estava na empresa Shell e disse uma vez que “Gasolina boa não é a que queima fácil, mas sim a que queima na hora certa. “  E esse é exatamente o segredo da gasolina premium. Detonando na hora certa, o motor faz a queima também na hora certa e isso permite o aproveitamento total do curso do cilindro para gerar movimentação após a explosão ocorrida. A queima ideal só deve ocorrer quando o pistão está no ponto mais auto de seu curso, nunca antes e também nunca depois. Uma gasolina com índice de octanagem mais baixo gera a queima antecipada e a pré-detonação, o que obriga o motor a fazer o adiamento da centelha e a explosão se dá com o pistão já em curso decente, o que diminui por completo a eficiência.

A gasolina premium é mais econômica?

Se você busca a gasolina premium pela economia, tome cuidado pois pode ser uma enrascada imensa. O motor flex da maiora dos carros brasileiros não aproveita do auto-índice de octanagem, então a mudança tanto na potência quanto no consumo é praticamente nula. Explicando com mais detalhes, o objetivo da gasolina é obter um rendimento maior, porém o motor certo é necessário para isso. No manual do automóvel que você adquiriu, estará mostrando a porcentagem de octanagem do motor do seu veículo. A possível economia seria decorrente da economia de combustão, somente em motores em que a octanagem faria sim uma grande diferença. Porém, a economia não é o objetivo dessa gasolina, e deve resultar em no máximo 10% de economia, enquanto o preço dessas gasolinas pode ser de pelo menos 30% mais caro comparado as gasolinas comuns. Os pontos principais da gasolina premium são o aumento da vida útil do motor, e a diminuição da poluição, ambos decorrentes do mesmo fato: a diminuição de enxofre em partes por milhão dentro da gasolina de 800 ppm para somente 30 ppm.
A diferença principal entre os tipos de gasolina é a variação de octanagem dentro do combustível.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Curiosidades
Publicado em: 22 Sep 2016 09:43:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário