2 de fev de 2015

EUA fazem recall de 2 milhões de veículos por falha no airbag

EUA fazem recall de 2 milhões de veículos por falha no airbag

2015 mal começou e já temos uma notícia que foi muito comum durante o ano de 2014: os anúncios de recall feitos por grandes montadoras e com grandes consequências ao redor do mundo. Desta vez, a notícia chega dos Estados Unidos, onde as autoridades locais responsáveis pelo transporte solicitaram que um grande processo de recall fosse iniciado, envolvendo modelos de pelo menos três montadoras, a Toyota, a Honda e Chrysler, num total de mais de 2 milhões de veículos.

Problema



Segundo informações divulgadas oficialmente, o problema que motivou a convocação do recall por parte das autoridades dos Estados Unidos tem a ver com airbags defeituosos. Estes airbags defeituosos podem ser acionados de modo repentino com os veículos em movimento, o que pode causar acidentes graves, já que implicaria na perda de visibilidade por parte dos motoristas. A solicitação do recall veio por conta da notícia de que nada menos do que 40 veículos apresentaram a ativação repentina de seus airbags em movimento, sendo que se tratava de veículos que já haviam sido recolhidos para a realização de outra revisão.

Modelos afetados

As informações dão conta de que os modelos afetados por esta falha nos airbags e que deverão ser chamados para o recall são os seguintes: Acura MDX, Jeep Grand Cherokee, Dodge Viper, Liberty, Honda Odyssey, Pontiac Vibe, Toyota Matrix, Toyota Avalon e Toyota Corolla. Todos os modelos afetados foram fabricados durante a última década, o que exclui modelos fabricados mais recentemente desta convocação para recall feita pelas autoridades dos Estados Unidos.

Repercussão

Como sempre ocorre com este tipo de situação, é evidente que a repercussão para as três montadoras envolvidas neste processo de recall será a mais negativa possível, já que se trata de algo que coloca em risco a segurança das pessoas. No ano passado, uma série de processos similares foi feita durante todo o ano, o que fez com que muitas montadoras importantes acabassem por apresentar prejuízos em relação à sua imagem junto aos consumidores. É mais que evidente que há uma grande perda de credibilidade quando alguma montadora acaba se envolvendo com frequência em processos de recall como este, portanto, para estas marcas, 2015 com certeza já é um ano que não está começando muito bem. Mas é também muito evidente que estamos falando de um processo de recall que é meramente preventivo, já que em nenhum dos casos citados anteriormente houve qualquer vítima fatal. 
Segundo informações divulgadas oficialmente, o problema que motivou a convocação do recall está relacionada a airbags defeituosos.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Recalls
Publicado em: 02 Feb 2015 17:01:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário