11 de fev de 2015

Impressões do Novo Doblò Cargo, lançado na Itália

Impressões do Novo Doblò Cargo, lançado na Itália

Embora o mercado automotivo no Brasil siga em queda, a Fiat possui motivos para comemorar. Além de ser a marca que mais vende automóveis no Brasil, incluindo o atual líder entre os carros de passeio, o hatch Palio, também domina o segmento de comerciais leves. Isso em função, principalmente, do bom desempenho de seus principais representantes: a picape compacta Strada e o furgão Fiorino. Já o Doblò – que tem versões minivan e também furgão pequeno, na configuração Cargo – parece meio esquecido nas terras tupiniquins. Mas o modelo acaba de ganhar um novo visual na Itália.

Veja também:

  • Fiat apresenta novo Doblò 2015
As modificações externas do Doblò são marcadas, principalmente, pela nova grande frontal – que está maior – e pelo novo desenho dos faróis, capô e para-choques. Internamente, o habitáculo conta com novo volante, painel de instrumentos e sistema de navegação. A Fiat ainda revelou que seu comercial leve está com uma nova suspensão traseira independente.

No que diz respeito à motorização, o Doblò europeu engloba várias opções sob seu capô. Três delas rodam com gasolina. Tratam-se de um 1.4 de 96 cv e um turbinado também de 1.4 litro, mas com uma variante bicombustível – capaz de se mover ainda com gás natural. Ambos são capazes de entregar 120 cv. Já a gama movida a diesel é mais ampla, com seis combinações possíveis: 1.3 de 76 cv ou 91 cv, 1.6 de 100 cv ou 105 cv com câmbio manual ou 90 cv com câmbio automatizado. E há ainda a mais potente de todas: um 2.0 com capacidade de gerar 135 cv.

Na Itália, o novo Fiat Doblò Cargo é vendido a partir de 12.450 euros, o equivalente a R$ 39 mil. Preço, aliás, é um dos motivos para o modelo ter um espaço tão reduzido no mercado de comerciais leves do Brasil. Em comparação com o também furgão compacto Fiorino, da própria Fiat e remodelado em 2013, a relação de custo/benefício é complicada. Com capacidade de carga de 650 kg/3.100 litros e motor 1.4 de 88 cv, o Fiorino tem valor inicial de R$ 45.820, podendo chegar aos R$ 51.439 ao ser equipado com trio elétrico, ar-condicionado, direção hidráulica, farol de neblina e computador de bordo. Já o Doblô Cargo tem capacidade similar – 620kg/3.200 litros –, porém sua versão básica com o mesmo propulsor 1.4 parte dos R$ 50.310. Ao acrescentar os mesmo itens de conforto, ultrapassa R$ 60 mil. Ambos tem sob o capô o motor 1.4 Evo Flex de 88 cv. O Doblò Cargo brasileiro ainda pode ser configurado com motor 1.8 Flex 16V de 132 cv, mas parte de R$ 56.120 sem qualquer item de conforto.

Primeiras impressões

Vicenza/Itália – Fabricado em Bursa, na Turquia, o novo Doblò se mostra um modelo com dirigibilidade prazerosa. Grande parte de sua condução suave deve-se ao novo sistema suspensivo Bi-Link, composto por amortecedores traseiros de dupla calibração, barra estabilizadora e alto desempenho das molas, que absorvem bem as imperfeições da estrada.

Além disso, melhorias foram realizadas na caixa de câmbio, tornando-a mais simples e com engates bem mais precisos. Nota-se ainda uma melhor interação da transmissão com o propulsor. A impressão é de que o torque aparece de maneira mais significativa já em baixas rotações, favorecendo os trajetos em perímetro urbano. Que é o principal ambiente para esse tipo de veículo.

Ficha técnica

Fiat Doblò Cargo 1.4 Bz 95CV E6

Motor: Gasolina, dianteiro, transversal, 1.368 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, injeção eletrônica. 
Transmissão: Câmbio manual de cinco marchas à frente e uma a ré.
Potência máxima: 95 cv a 6.000 rpm. 
Torque máximo: 12,9 a 4.500 rpm.
Suspensão: independente, tipo MacPherson com triângulos fixada a uma travessa auxiliar, amortecedores hidráulicos telescópicos, molas helicoidais e barra anti-roll. Traseira Bi-link independente, molas helicoidais, telescópica, amortecedores com dupla calibração e barra anti-roll. 
Carroceria: Furgão em monobloco com 4,41 metros de comprimento, 1,83 m de largura, 1,85 m de altura e 2,76 m de distância entre-eixos. 
Pneus: 195/60 R 16.
Peso: 1280 kg. 
Capacidade do tanque: 60 litros. 
Velocidade máxima: 161 km/h.
Capacidade de carga: 3.400 kg. 
Freios: Discos ventilados na frente e atrás. 
Diametro e Curso: Não revelado.
Taxa de compressão: 11:1
Produção: Bursa, Turquia.
Preço na Itália: A partir de 12.450 euros, o equivalente a R$ 39 mil.

Autor: Raffaele Grosso (Auto Press) e Carlo Valente
do (Infomotori.com/Itália)
Fotos: Divulgação

De cara nova - Meio esquecido no Brasil, Fiat Doblò Cargo passa por face-lift na Itália

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Testes
Publicado em: 11 Feb 2015 08:10:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário