26 de fev de 2015

Impressões do Novo Volkswagen Touareg

Impressões do Novo Volkswagen Touareg

Fabricantes generalistas costumam eleger um ou outro modelo de seu line-up para servir de carro de vitrine. Em geral, a iniciativa não traz muito sucesso comercial, mas serve para tentar dar algum valor à marca e enfeitar o showroom. Na Volkswagen, cabe ao SUV Touareg este papel. Ele compartilha a plataforma PL52, utilizada por Audi Q7 e Porsche Cayenne, e desembarca a partir do final de março em concessionárias selecionadas da marca ostentando o recente “face-lift”, que já roda na Europa desde o final do ano passado.

Visualmente, na dianteira, os faróis ficaram maiores, com formato trapezoidal, e a grade é cortada por quatro frisos cromados transversais – antes eram apenas dois. As duas barbatanas inferiores se estendem até os faróis e, juntos, a grade do radiador e os faróis formam uma larga faixa. Visto de trás, destaca-se o novo para-choque e as lanternas de neblina em leds, que foram reposicionadas. No perfil, as grandes estrelas são as rodas de liga leve de 19 ou 20 polegadas, dependendo da versão. Por dentro, o Touareg passa a ter iluminação branca, no lugar da antiga vermelha, em todos os controles. E frisos cromados ao redor dos módulos do painel de controle.

O Touareg chega em duas versões, divididas pela motorização de cada uma. Nesse ponto, aliás, não houve mudanças. A V6 traz sob o capô o mesmo propulsor 3.6 litros com 280 cv a 6.200 rpm e torque de 37 kgfm a 2.900 rpm. Ele faz o modelo partir da inércia e chegar aos 100 km/h em 7,8 segundos e atingir a velocidade máxima de 228 km/h. Já a V8 utiliza um 4.2 litros desenvolvido pela Audi e que chega a equipar até o superesportivo R8. No Touareg, ele desenvolve 360 cv a 6.800 rpm e 45,4 kgfm a 3.500 giros. O conjunto consegue levar o utilitário da Volkswagen aos 100 km/h em 6,5 segundos e chega a 245 km/h. Ambas as versões recebem transmissão automática de 8 marchas, com opção de trocas sequenciais através de borboletas atrás do volante.

As duas configurações saem de fábrica com tração integral com diferencial autobloqueante com ângulo máximo de subida de 31°. O programa de direção off road é operado por um botão rotativo de dois estágios, que configura os sistemas ABS, EDS e de controle de tração. Além disso, ele também ativa o assistente de partida em subida. O sistema de som e navegação traz DVD, comando de voz e tela sensível ao toque de oito polegadas com mapas em 3D. Opcionalmente, é possível contar com algumas tecnologias de segurança especiais. Caso da visão por câmaras de 360° em torno do carro, facilitando nas manobras e nos percalços off-road. E também do controlador automático de velocidade e distância, que acelera e desacelera o automóvel de acordo com o fluxo de tráfego detectado pelo radar frontal, em velocidade e distância selecionadas pelo motorista. Ele ainda monitora o tráfego de forma contínua, mesmo quando o controlador de velocidade e distância está desligado. Em velocidades entre 30 km/h e 200 km/h, emite alerta sonoro e visual e prepara os freios para a situação, aproximando as pinças dos discos. Abaixo de 30 km/h, para o veículo.

A Volkswagen ainda não divulgou a nova tabela de preços do Touareg. Por enquanto, só informa que os valores começarão em R$ 250 mil, na versão de entrada V6 – o que a deixa 10% mais cara que na versão pré-face-lift. Para comparação, no final do ano passado, o utilitário esportivo começava em R$ 227.290 em sua configuração de entrada e chegava a partir de R$ 275.550 com o motor V8 de 4.2 litros – agora, deve ultrapassar os R$ 300 mil. Não é difícil entender porque o modelo manteve a tímida média de vendas de 32 unidades mensais em 2014.

Primeiras impressões

Zona de conforto

São Bernardo do Campo/SP – A Volkswagen já vendia a ideia de que as habilidades “off-road” do novo Touareg impressionam, mesmo antes de promover o atual face-lift. Porém, na hora de escolher um percurso para realizar o teste do modelo, a marca optou por um piso exclusivamente liso. A unidade oferecida, um V8 R-Line, mostrou-se extremamente ágil. A aceleração impressiona por se tratar de um carro com mais de duas toneladas e, no caso da avaliação, com quatro ocupantes adultos.
A transmissão automática de oito marchas é suave e tem trocas precisas e praticamente imperceptíveis numa tocada menos agressiva. Mas para uma pegada esportiva, as borboletas para trocas manuais localizadas no volante multifuncional se tornam belas parceiras. A suspensão pneumática – exclusiva da top – pode ser ajustada para três modos de condução: esportiva, normal – levemente mais firme – e conforto, sendo esta última a que, de fato, melhor trata os passageiros. Como já era de se esperar, há diversos botões espalhados pelo habitáculo. Mas a maioria tem uso bem simples. O sistema de som/GPS é bastante intuitivo, assim como os comandos giratórios para os percursos fora de estrada. A visibilidade é boa, ainda mais com a ajuda das câmaras que mapeiam tudo que acontece ao redor. E não há calor que não se abata dentro do modelo, com suas diversas saídas do ar-condicionado – que é de quatro zonas. Só para os ocupantes traseiros, quatro estão disponíveis.

Ficha técnica

Novo Volkswagen Touareg

Motor V6: A gasolina, dianteiro, longitudinal, 3.597 cc, seis cilindros em V, duplo comando de válvulas no cabeçote. Injeção direta de combustível e acelerador eletrônico.
Transmissão: Câmbio automático de oito marchas, com opção de trocas sequenciais na manopla e através de borboletas atrás do volante. Tração integral. Oferece controle de tração.
Potência máxima: 280 cv a 6.200 rpm.
Torque máximo: 37 kgfm a 2.900 rpm.
Aceleração 0-100 km/h: 7,8 segundos.
Velocidade máxima: 228 km/h.
Diâmetro e curso: 89 mm x 96,4 mm.
Taxa de compressão: 11,4:1.
Motor V8: A gasolina, dianteiro, longitudinal, 4.163 cc, oito cilindros em V, duplo comando de válvulas no cabeçote. Injeção direta de combustível e acelerador eletrônico.
Transmissão: Câmbio automático de oito marchas, com opção de trocas sequenciais na manopla e através de borboletas atrás do volante. Tração integral. Oferece controle de tração.
Potência máxima: 360 cv a 6.800 rpm.
Torque máximo: 45,4 kgfm a 3.500 rpm.
Aceleração 0-100 km/h: 6,5 segundos.
Velocidade máxima: 245 km/h.
Diâmetro e curso: 84,5 mm 92,8 mm.
Taxa de compressão: 12,5:1. Suspensão V6: Dianteira e traseira independentes com braço duplo transversal, amortecedores e barra estabilizadora. Oferece controle de estabilidade.
Suspensão V8: Dianteira e traseira independentes com braço duplo transversal, mola pneumática e barra estabilizadora. Oferece controle de estabilidade.
Pneus: 265/50 R19 (V6) e 275/45 R20 (V8).
Freios: Discos ventilados na frente e atrás. Oferece ABS com EDB.
Carroceria: Utilitário esportivo em monobloco com quatro portas e cinco lugares. 4,80 metros de comprimento, 1,94 m de largura, 1,70 m de altura e 2,89 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais, laterais e de cortina.
Peso: 2.023 kg (V6) e 2.075 kg (V8) em ordem de marcha.
Capacidade do porta-malas: 580 litros.
Tanque de combustível: 100 litros.
Produção: Bratislava, Eslováquia.
Lançamento no Brasil: 2012.
Itens de série V6: Seis airbags, ar-condicionado digital de duas zonas, apoio de braço individual para motorista e passageiro, assistente de subida e descida, bancos dianteiros com ajuste elétrico e aquecimento, controle de tração, controle eletrônico de estabilidade, controle eletrônico de velocidade, Bluetooth, direção elétrica, display multifuncional com computador de bordo, freio de estacionamento eletrônico, freios com distribuição eletrônica de frenagem “EBD”, faróis bi-Xenon direcionais com luz diurna em leds, volante multifuncional com comandos do rádio, computador de bordo, controle automático de velocidade e shift paddles, sensores de chuva e crepuscular, alarme, acesso ao veículo e partida do motor sem chave, travas, vidros e retrovisores elétricos, sistema de navegação com rádio e comando de voz, bancos em couro, rodas de liga leve de 19 polegadas, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, indicador de perda de pressão dos pneus, lanterna traseira de neblina.
Itens de série da V8: Adiciona ar-condicionado digital de quatro zonas, pacote de design R-Line e rodas de liga leve de 20 polegadas.
Opcionais: Controle adaptativo de distância e velocidade “ACC”, com função de frenagem de emergência e sistema de monitoramento frontal, assistente de mudança de faixa, sistema de som Dynaudio, area view – conjunto com quatro câmeras – e teto solar panorâmico.
Preços estimados: R$ 250 mil a V6 e R$ 300 mil a V8.
Autor: Márcio Maio (Auto Press)
Fotos: Márcio Maio/Carta Z Notícias

Vitrine tecnológica - Volkswagen Touareg chega renovado às lojas no fim de março de olho no sucesso dos utilitários no Brasil

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Testes
Publicado em: 25 Feb 2015 15:30:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário