13 de ago de 2015

Como se proteger da linha de pipa na moto?

Como se proteger da linha de pipa na moto?

Sem dúvida alguma uma das maiores preocupações dos motociclistas é avistar pipas no céu. Isso pode ser um indício de acidentes na pista. Sabe por quê? Nem todos os “papagaios” voando no céu são limpos. Apesar de ser crime, há quem teime em utilizar fio de cerol para empinar as pipas. Além de ser passível de punição na justiça, o cerol pode causar acidentes – alguns deles fatais. Por isso se você tem moto, fique atento às nossas dicas para se proteger.

Dicas para evitar acidentes com cerol



1# Antena corta-fio

Esse item ainda não é obrigatório pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Porém, já salvou a vida de muitos motociclistas. As antenas podem evitar lesões graves, amputações de membros e a morte. A antena precisa ser instalada na parte da frente, nos dois lados. Esse item pode ser encontrado em lojas especializadas em artigos para motocicletas. A internet é outra opção para quem deseja comprá-la. Seu preço varia de R$ 10 a R$ 49.

2# Pescoceira

Uma das partes do corpo mais atingida pela linha de cerol é o pescoço. Por isso é importante utilizar também uma pescoceira. Feito de cabo de aço, esse artigo protegerá o condutor de cortes e pode salvar sua vida.

Nunca pilote sem equipamentos de segurança

O uso do capacete é obrigatório para conduzir motos. Os do tipo fechado são os mais recomendados. E a viseira precisa estar abaixada. O uso de luvas e jaquetas também é recomendado. Todos esses artigos podem proteger o piloto de acidentes com o cerol. Isso porque todos são feitos com materiais específicos. Dessa forma seu corpo e sua integridade estarão garantidos em cima da moto.

Por que há crescimento de acidentes com cerol durante as férias?

Nos meses de julho, janeiro e dezembro – coincidentes com os de férias escolares – costuma-se registrar acidentes com cerol. Com tempo livre a criançada aproveita para brincar na rua. Porém a brincadeira ganha contornos dramáticos se a pipa estiver com cerol.

Mas foi-se o tempo no qual o cerol era a única dor de cabeça. A moda dos últimos meses é a linha chilena. Mais cortante do que aquela, pipas com esse material já tiraram a vida de motociclistas nas principais capitais do Brasil.

Diferença entre linha chilena e cerol

O cerol é produzido artesanalmente. É uma mistura de cola de sapateiro ou comum e cacos de vidro. Já a linha chilena é criada de forma industrial. É feita com cola de madeira, óxido de alumínio e quartzos moído. Seu poder de corte é quatro vezes maior do que o cerol. Ainda não existe proibição para o uso de linha chilena nas pipas. Em São Paulo, porém, a comercialização é crime. Quem for pego no ato pode responder judicialmente. Em relação ao cerol, a maioria dos estados brasileiros proíbe a venda do produto. O comerciante que for pego está sujeito a pagamento de multa ou prisão.
Sem dúvida alguma uma das maiores preocupações dos motociclistas é avistar pipas no céu. Como se proteger do cerol? Confira nossas dicas!

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Segurança
Publicado em: 12 Aug 2015 10:49:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário