14 de ago de 2015

Como preservar a pintura do carro?

Como preservar a pintura do carro?

Todo mundo está cansado de saber que brasileiro adora carro, e que sempre dispensa muitas horas da semana para cuidar do veículo, especialmente para deixá-lo limpo e apresentável. Mas uma das coisas que mais causa preocupação nos proprietários de carros é a pintura da lataria, que nem sempre se apresenta em boas condições por muito tempo, causando despesas antes da hora. Portanto, nas próximas linhas, nós vamos dar algumas dicas essenciais para quem deseja saber como preservar a pintura do carro, deixando-o bonito por mais tempo. São ao todo 5 dicas matadoras!

Cuidados com as fezes de pássaros

Pássaros costumam defecar em cima de carros, e por serem muito ácidas, as fezes destes animais podem causar sérios danos à pintura dos veículos, especialmente se deixadas por mais tempo. O ideal é limpar imediatamente, de preferência com um pano úmido, passando na superfície atingida de maneira delicada. Já para as fezes secas e mais difíceis de sair, o mais indicado é deixar o pano úmido no local pelo tempo de 10 minutos antes de tentar tirar as fezes.

Observar o tipo de pintura

Este é um ponto importante para quem deseja cuidar e preservar a pintura do carro, pois há pelo menos 3 tipos de pintura automotiva no mercado: metálica (com pó de alumínio), sólida e perolizada (com cristais de quartzo). Destas, a pintura sólida, por refletir menos a luz do sol, é a que precisa de mais cuidados, com enceramentos mais constantes para preservar melhor a sua condição mais bela.

Cuidado com resina de árvores e com folhas também!

Tanto a resina das árvores, quanto as suas folhas, são capazes de causar sérios problemas para a pintura dos carros, sendo que a primeira por apresentar presença de ácidos importantes, enquanto que as segundas por produzirem ácidos quando se decompõem. As duas coisas podem corroer a pintura dos carros, e devem ser retiradas com cuidado: a resina deve ser retirada com gelo, usado para amolecê-la, para depois disto, ser usado algodão embebido em óleo vegetal. Já as folhas devem ser retiradas com as mãos mesmo, ou então com a ajuda de jatos de água com uma mangueira.

Gasolina e outros derivados de petróleo

Os derivados de petróleo, especialmente a gasolina, acabam sendo vilões importantes quando derramados na lataria dos carros, pois prejudicam demais a pintura deles.

Gasolina, quando derrubada na lataria do carro, deve ser eliminada imediatamente com a ajuda de um jato de água, já que por se tratar de um solvente muito forte, pode causar manchas terríveis.

Use um protetor adicional

E apesar de todos os cuidados para com a pintura do seu carro, para preservá-la ainda mais, procure fazer uso de um protetor adicional. Este protetor poderá ser algum tipo de cera cristalizadora, que além de proteger a pintura, também pode permanecer por mais tempo, mesmo após muitas lavagens, já que tem efeito prolongado. O brilho intenso proporcionado por esta cera cristalizadora é realmente belo, e tem um efeito, como o próprio nome diz que é cristalizado.
Confira dicas essenciais para quem deseja saber como preservar a pintura do carro, deixando-o bonito por mais tempo!

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Dicas
Publicado em: 13 Aug 2015 11:51:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário