13 de mai de 2016

Você vai comprar um carro usado? Veja dicas importantes para não levar prejuízo

Você vai comprar um carro usado? Veja dicas importantes para não levar prejuízo



Comprar um carro requer cuidados importantes Montagem/R7 Comprar um carro usado exige cuidados e atenção, principalmente nos conhecidos Feirões realizados em estacionamentos de supermercados. Veja algumas dicas para que o negócio não se transforme em prejuízo. A primeira dica para o futuro comprador é ter um mecânico de confiança para verificar as condições gerais do automóvel. A parte mecânica pode ser muito maquiada, existem varias maneiras de você ser enganado. Por isso, a importância de um mecânico de confiança. O consumidor pode perceber que o hodômetro está adulterado ao observar o desgaste de alguns itens no automóvel, como os pneus e o estepe. A verificação dos pneus deve ser mininciosa, pois o desgaste irregular deles pode indicar problemas na suspensão ou falta de alinhamento e balanceamento. Dentro do carro, é aconselhavél verificar o estado do volante, dos pedais e dos bancos. Por exemplo, coisas que passam despercebidas vão dizer que idade o carro tem. Os amortecedores têm que ser testados antes da compra. Para isso, deve-se empurrar o carro para baixo. Se balançar mais de duas vezes quando for solto, é bom ficar atento, pois os armotecedores estão com defeito ou desgastados. A lataria do veículo é outra coisa que deve ser observada com bastante atenção. Diferenças de tonalidade, ondulações, desnível no fechamento das portas e capô podem indicar que o carro já foi batido. Bolhas na casca do carro são sinais de ferrugem. O automóvel tem que ser examinado de dia, de preferência com iluminação natural. Segundo o especialista, pouca luz, gotas de água e cera disfarçam possíveis imperfeições. O chassi é outro item que merece atenção. O ideal é o comprador contar com a ajuda de seu mecânico de confiança para verificar se a numeração não foi raspada. Sinais de solda, por exemplo, dão indícios de adulteração. A checagem dos documentos do veículo é outra etapa que não pode ser negligenciada. Com o código de Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), é possível levantar o histórico do veículo e verificar se ele não tem algum tipo de impedimento judicial. O comprador pode procurar um despachante para verificar se o carro tem multas, algum tipo de busca e apreensão ou uma espécie de impedimento legal. Além disso, tudo que for relacionado ao Detran pode ser checado na internet. Muitas vezes, a justiça pode pedir para apreender o carro por irregularidades na documentação, ou ainda, o veículo pode ter sido roubado ou clonado. Então, na hora de comprar seu carro usaso, tenha paciências não esqueça de verificar todos os detalhes.

Fonte: R7
Publicado em: 2016-05-05T11:38:55-03:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário