19 de mai de 2016

Jeep Renegade sofre recall por falha no motor

Jeep Renegade sofre recall por falha no motor

Eventualmente os veículos acabam sofrendo recalls das montadoras por defeitos que são apresentados no uso diário mas que não conseguem ser localizados na hora de produção e desenvolvimento do veículo. E a mais recente vítima dos recalls automobilísticos foi o Renegade, da Jeep, que na última semana foi convocado pela Fiat Chrysler Automobilies para o seu primeiro recall. Cerca de 24.5 mil unidades do SUV nacional estão envolvidas com o chamado, todas donas de ano e modelo 2015 e 2016, motor 1.8 flex e configurados com câmbio automático. As informações referentes ao intervalo de numeração de chassis que apresentam veículos possivelmente problemáticos ainda não foram divulgadas pela Jeep e são esperadas em breve.

Caso você ache que está contemplado pelo chamado, é importante que entre em contato com a Jeep para conseguir maiores informações. Isso pode ser feito por meio do telefone da marca, o 0800 703 7150, ou também pela página que é especialmente dedicada a recalls dentro do site da Jeep, que pode ser acessada por meio do endereço www.jeep.com.br. Continue lendo e confira mais detalhes sobre o chamado!

O primeiro recall do Jeep Renegade

Conhecido por sua segurança premiada, o Jeep Renegade enfrenta o seu primeiro recall em terras brasileiras. Produzidos na fábrica de Goiana, em Pernambuco, os veículos convocados pelo chamado da Fiat Chrysler Automobilies apresentam uma falha na unidade eletrônica de seu motor. De acordo com informações divulgadas pela montadora, a falha mencionada aparece na programação elétrica da central de controle do motor, também conhecida como Cruise Control. O problema apresentado era o seguinte: essa central de controle do motor pode desligar o motor do carro caso o condutor esteja dirigindo o carro em situações de declives com o acessório – Cruise Control – ligado.

Essa falha em questão poderia ser a responsável por ocasionar falhas no controle da direção do veículo e também na frenagem do mesmo. Em casos mais graves e extremos, a falha aumenta os riscos de danos físicos e materiais não só ao motorista e aos ocupantes do veículo, como também a terceiros, podendo ocasionar acidentes. Até que o problema seja resolvido, a FCA recomendou aos motoristas que não utilizem o acessório para evitar possíveis acidentes. É importante ressaltar que, caso o seu carro esteja contemplado no chamado de recall, você deve entrar em contato com a Jeep para realizar o conserto do aparelho o quanto antes. Também é válido lembrar que o conserto do defeito apresentado pela chamada de recall é gratuito e completamente bancado pela Jeep. Não perca tempo e regularize o seu carro, afinal de contas, ninguém deseja sofrer um acidente por causa de falhas elétricas que possam existir no carro.
De acordo com informações divulgadas pela Jeep, a falha mencionada aparece na programação elétrica da central de controle do motor, o Cruise Control.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Recalls
Publicado em: 19 May 2016 17:00:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário