13 de mai de 2016

Nissan e Mitsubishi: o novo casamento da indústria automotiva

Nissan e Mitsubishi: o novo casamento da indústria automotiva

O mundo automotivo é feito de parcerias e de compras de empresas e disso todo mundo sabe. E muitas vezes compramos um carro de uma determinada marca mal sabendo que ela pertence a outra que já conhecemos. Basta observar casos como Jaguar Land Rover, e Fiat-Chrysler, sendo essa última dona de marcas como Abarth, Alfa Romeo, Ferrari, Maserati, Dodge, Jeep e claro, a Fiat e a Chrysler. E o mais recente casamento que aconteceu na indústria automobilística foi entre duas japonesas: a Nissan e a Mitsubishi. O acordo já estava sendo especulado há muito tempo, mas só foi oficializado agora. Ficou curioso para saber mais sobre o conjunto das duas? Continue lendo e confira!

Um novo acordo do mundo automotivo



Mergulhada em um verdadeiro escândalo de fraude – a montadora está envolvida em um esquema de manipulação dos testes de eficiência energética -, a Mitsubishi acabou de vender 34% de suas ações para outra montadora japonesa: a Nissan. A compra de tamanha parcela da montadora custou à Nissan o valor de 1.9 milhões de euros, um valor que é o equivalente a mais de 7.5 milhões de reais. Desde o resultado do escândalo na manipulação dos testes de eficiência, a Mitsubishi tem enfrentado uma fase não tão boa assim. Não só as vendas da montadora japonesa apresentaram queda, como também o valor das ações da empresa despencou mais de 40%, tornando o futuro da montadora incerto. Principalmente por esta já ser uma das menores montadoras do país, com número de vendas estimado em apenas um milhão de veículos vendidos por ano. Isso foi o resultado de um baque em sua reputação que a Mitsubishi por causa do escândalo em que está envolvida em conjunto com um momento de crescimento para a Nissan, que apresentou no último ano um dos seus melhores desempenhos, com um aumento de 37,5% em seus lucros no terceiro trimestre de 2015.

A compra foi anunciada pela agência japonesa Kyodo. Assim, a Nissan passou a ser o acionista majoritário da Mitsubishi Motors, ou seja, ela é quem agora é dona de grande parte do poder da montadora. Isso mostra que agora vai ser estabelecida uma nova hierarquia na indústria automobilística japonesa, que agora tem a Nissan com uma posição reforçada como fabricante, prometendo se destacar ainda mais não só no mercado japonês, como também no mercado do restante do mundo. O acordo que vai estabelecer a participação da Nissan dentro da Mitsubishi vai ser assinado até o dia 25 de maio e a transação total vai ser efetivada apenas em outubro. Com a compra a Nissan se torna a maior acionista da marca, aparecendo até mesmo na frente da Mitsubishi Motors Corporation, dona de 20% das ações.
A compra foi anunciada pela agência japonesa Kyodo. Assim, a Nissan passou a ser o acionista majoritário da Mitsubishi Motors.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Mercado
Publicado em: 13 May 2016 09:30:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário