16 de mai de 2016

Skoda Octavia recebe motor 1.0 com 115 cv

Skoda Octavia recebe motor 1.0 com 115 cv

Não tem jeito, todos os anos é a mesma coisa. Com o meio do ano se aproximando, as montadoras de todo o mundo começam a se mexer para mostrar as suas novidades para o mercado automobilístico. Agora foi a vez da Skoda, que anunciou recentemente que o seu novo Octavia vai receber um novo motor: um 1.0 turbo que é capaz de render até 115 cv. Isso só mostra que a tendência de carros potentes e ainda assim 1.0 veio para ficar e que está se espalhando entre praticamente todas as montadoras. Afinal de contas, cada vez mais os consumidores estão procurando veículos que sejam eficientes e tenham um baixo consumo de combustível, sem que para isso precisem abrir mão do conforto e também da potência em seus veículos. Ficou curioso para saber mais sobre a novidade? Continue lendo e confira!

O novo motor do Skoda Octavia



O motor que vai equipar o Skoda Octavia na verdade não é nenhuma grande novidade no mercado de automóveis. Isso porque ele já foi visto equipando o Golf da VW, o SUV médio Seat Ateca e também o crossover Q2 da Audi. E agora o sedã médio da Skoda, o Octavia, vai entrar para a família e vai também ganhar uma versão equipada com o motor EA211 1.0 R3 TSI, que tem feito bastante sucesso no mercado. O sedã tem 4,65 metros de comprimento e 2,68 metros de entre-eixos, sendo o modelo médio da marca tcheca. A grande novidade, o propulsor 1.0 TSI, é capaz de entregar até 115 cv de potência e também um torque máximo de 20,3 kgfm. A novidade chega para substituir o antigo motor, que era um quatro cilindros 1.2 TSI, capaz de entregar ao veículo 110 cv. Com isso, o peso do Octavia diminuiu. Dos antigos 1.230 kg, ele ficou apenas com 1.211 kg, tendo uma redução de 19 kg em seu peso total. Assim, a eficiência do veículo foi privilegiada e aparece maior quando comparado com o Skoda Octavia equipado com o quatro cilindros 1.2 TSI.

Hoje o Skoda Octavia 1.0 TSI é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 9,9 segundos e também é capaz de atingir a velocidade máxima de 202 km/h. O grande ponto forte do sedã é seu consumo, que é bastante alto até para a categoria. Isso porque ele registrou um consumo médio de 22,2 km/l. Para acompanhar o novo motor, o Skoda Octavia ganhou um câmbio manual de seis marchas ou um câmbio automático DSG de sete velocidades e também um sistema Start & Stop, que contribui e muito para o consumo vantajoso do veículo.
A novidade chega para substituir o antigo motor, que era um quatro cilindros 1.2 TSI, capaz de entregar ao veículo 110 cv.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Prévias
Publicado em: 16 May 2016 07:00:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário