15 de out de 2016

Mercedes-Benz investe em carros de alto desempenho

Mercedes-Benz investe em carros de alto desempenho

A nova linha superesportiva da Mercedes-Benz chega ao mercado esta semana com três carros de peso da sua marca AMG-Mercedes, com os modelos C 43 AMG 4Matic Coupé, C 63 S Coupé e SLC 43 AMG. Segundo Evando Bastos, gerente de marketing de produto da Mercedes Brasil, “Estes modelos são a união do luxo moderno com a esportividade e o design agressivo”. Quanto às especificações, o C 43 traz um motor 3.0 V6 biturbo de 367 cv junto de um câmbio automático de 9 marchas e já está com preço definido de R$ 397.900. O sucessor do antigo SLK, o SlC 43 AMG usa as mesmas mecânicas do C43 AMG e custará R$ 399.900.

O convidado de honra



Porém, a marca alemã está apostando em sua nova estrela, o AMG C63 S Coupé, que já estará chegando as concessionárias esta semana. O kit aerodinâmico inclui aerofólio traseiro, retrovisores externos de fibra de carbono e rodas de aro 19. O visual do carro é discreto, mas tem como características marcantes sua grade dianteira, que possui uma grande abertura, e a pouca distância do chão, sua baixa estatura vem tanto da distância quanto da curvatura do teto, marca registrada dos cupês. O motor é um verdadeiro monstro, 4.0 V8 biturbo com 510 cv que vem junto de um câmbio de 7 velocidades, um fato interessante é que todo motor é montado a mão por um dos engenheiros da Mercedes e cada um dos responsáveis “assina” sua obra em uma placa de ferro que vai junto da peça. Com o preço marcado a R$ 615.900, seus donos podem aproveitar também uma das cinco configurações de performance oferecidas para condução: Comfort, Sport, Sport+, Individual e Race. Cada uma altera as características do motor, da transmissão, do pedal do acelerador e até o peso do volante para melhor suprir as necessidades do motorista. O carro até altera o som do motor que sai dos escapes duplos para que seu condutor tenha a experiência se tornar um verdadeiro piloto profissional. Para quem quer emoção, o C63 S AMG Coupé tem ainda um bloqueio eletrônico diferenciado que permite ao piloto fazer as derrapagens características do “drift”, porém esta é uma função que apenas os experientes na estrada conseguirão usar da maneira correta.

Alto desempenho e a origem da AMG

O termo “alto desempenho” é usado para veículos projetados e construídos com a velocidade em mente, alguns especializados em retas, enquanto outros em curvas, desde as primeiras fases do projeto os veículos são pensados para terem uma velocidade acima do normal, mas também possuírem outras características como manuseio e frenagem aprimorados. A AMG nasceu em 1967, quando dois ex-funcionários da Mercedes-Benz, os amigos Hans Werner Aufrecht e Erchard Melcher, decidiram modificar os carros da marca para se tornarem mais eficientes e velozes, a fim de transforma-los em carros de competição, os dois a partir dali criaram a AMG, a junção das iniciais dos sobrenomes de cada um deles. A empresa vem desde 2005, quando começou a fazer parte do grupo Daimler, que também é dona da Mercedes, responsável por turbinar os carros da montadora, criando assim os superesportivos mais desejados e velozes entre os carros de alta performance do mercado.
Com o preço marcado a R$ 615.900, seus donos podem aproveitar também uma das cinco configurações de performance.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Prévias
Publicado em: 14 Oct 2016 15:15:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário