24 de out de 2016

Guia do IPVA 2017

Guia do IPVA 2017

Quem tem carro sabe – e teme – que é preciso pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, mais conhecido como IPVA todos os anos. O que acontece é que muita gente, mesmo possuindo veículos que são contemplados pelo imposto, não sabe muito bem como a cobrança funciona e acabam perdendo os prazos de pagamento, o que pode gerar problemas posteriores. E é exatamente pensando nisso, que nós preparamos aqui um pequeno guia sobre o IPVA de 2017, tudo para que você pague o imposto em dia e não tenha problemas posteriores porque esqueceu ou não sabia como pagar.

Valor

Uma dúvida muito comum é em relação ao valor que deve ser pago no IPVA. E a resposta é que o valor exato vai variar de carro para carro. Isso porque ele é definido por uma determinada alíquota que é fixa para cada Estado e que pode variar entre 1% e 4% sobre o valor de venda do veículo que é determinado pela Fipe. Os valores para 2017 ainda não foram revelados e serão divulgados apenas em novembro. Ou seja, o valor do IPVA vai depender do valor do seu veículo. Quem mora em São Paulo é que mais sofre com o IPVA, porque a alíquota cobrada atinge o seu máximo, 4%, que pode variar dependendo do tipo de seu veículo.

Data

Outro detalhe a ser levado em consideração é a data de pagamento do IPVA, que muda de acordo com o final da placa de cada veículo e também com o Estado do mesmo. Por isso mesmo, é preciso ficar atento para não bobear e acabar deixando passar o período de pagamento. Para o estado de São Paulo, o prazo para o pagamento da 1ª parcela ou do valor total com desconto é de 09/01 para placas com final 1, 10/01 para final 2, 11/01 para final 3, 12/01 para final 4, 13/01 para final 5, 16/01 para final 6, 17/01 para final 7, 18/01 para final 8, 19/01 para final 9 e 20/01 para final 0.

O pagamento do imposto pode ser feito por meio de parcela única com desconto ou em três parcelas diferentes, cobradas em janeiro, fevereiro em março. Deve ser feito em bancos credenciados via caixa eletrônico, internet banking ou direto na boca do caixa, basta ter o número do RENAVAM do veículo em mãos. Caso o valor não seja pago no prazo, juros serão aplicados em cima do valor e, dependendo do período sem pagar, uma multa será aplicada em cima do valor do IPVA.

Considerações finais

Alguns veículos possuem isenção do pagamento do IPVA. São eles veículos adaptados para deficientes, ônibus utilizados no transporte público de pessoas e também veículos utilizados exclusivamente para fretamento escolar. Caso você seja dono de um veículo híbrido ou elétrico, vale ressaltar que tem o direito a um desconto de 50% no valor total do IPVA.
Nós preparamos aqui um pequeno guia sobre o IPVA de 2017, tudo para que você pague o imposto em dia e não tenha problemas posteriores.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Dicas
Publicado em: 24 Oct 2016 16:27:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário