15 de fev de 2016

Renault confirma motor 0.8 litro para Kwid

Renault confirma motor 0.8 litro para Kwid

Chamado por algumas revistas especializadas de “mini-Duster” pela semelhança de seu design com a SUV da montadora, o Renault Kwid, que até pouco tempo rodava repleto de camuflagens pelas estradas do Brasil, finalmente foi confirmado e será apresentado no Salão do Automóvel no dia 10 novembro. O compacto com jeitão de SUV, que será o novo modelo de entrada da montadora francesa substituindo o Clio, conta com um visual mais robusto mesclando conceitos urbano e aventureiro, tentando se aproveitar da boa aceitação dos crossovers no mercado nacional. O modelo irá disputar a faixa de mercado que o VW UP! ocupa atualmente, e futuramente com a novidade da Fiat, o Mobi, que tem lançamento previsto para abril deste ano.

Inicialmente o Kwid será equipado com o motor tri-cilíndrico de 1.0 litro, 12 válvulas, com 77 cv de potência, o mesmo que atualmente equipa o Nissan March 1.0. Porém a montadora já confirmou que a partir do próximo ano contará com uma versão de motorização 0.8 litro, também com três cilindros, gerando 62 cv de potência se abastecido com etanol. Esta opção de motorização é a mesma que equipa a versão indiana do compacto que foi lançado em maio de 2015 e faz parte da estratégia comercial do Grupo Renault-Nissan para alcançar o objetivo de oferecer uma versão que custe menos de R$ 30.000. O modelo inicial no mercado indiano tem preço equivalente a R$ 13 500. Embora concebido para o mercado indiano, o Kwid é um produto global da montadora – a exemplo do que a Ford já faz com o Ka e Ecosport – e será comercializado em outros países emergentes como Rússia e China, além de Brasil e Índia. Em solo nacional ele será fabricado em São José dos Pinhais (PR), a partir do segundo semestre de 2016, e terá poucas mudanças em relação ao indiano, como alguns frisos e retrovisores na cor da carroceria. A maior diferença será notada no seu interior, mais sofisticado para agradar ao gosto dos consumidores locais e ainda itens como airbags e freios ABS de série – itens opcionais na Índia – atendendo obrigatoriedade imposta pela legislação brasileira.

A expectativa da montadora é alta, uma vez que o modelo já faz sucesso no mercado indiano, sendo bastante procurado pelo público jovem, o que criou a expectativa de abertura de novas concessionárias para atender a demanda.

Ficha técnica do Kwid

  • Motor 0.8 de 3 cilindros com 62 cv (com etanol) ou 1.0 de 3 cilindros com 77 cv de potência
  • Câmbio manual de cinco marchas
  • Comprimento – 3,68 m
  • Largura – 1,58 m
  • Capacidade do porta-malas – 300 litros
  • Airbag duplo frontal e sistema de freios ABS de série

O modelo irá disputar a faixa de mercado que o VW UP! ocupa atualmente, e futuramente com a novidade da Fiat, o Mobi.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Prévias
Publicado em: 15 Feb 2016 16:15:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário