12 de fev de 2016

Daimler convoca recall de 840 mil veículos

Daimler convoca recall de 840 mil veículos

A Daimler, empresa que também controla a Mercedez-Benz anunciou na última terça-feira (9) o recall de 840 mil veículos que podem apresentar possíveis defeitos no airbag. Segundo o que foi divulgado pela empresa, a Daimler está fazendo uma provisão de 340 milhões de euros – o equivalente a 1.476.484 bilhão de reais – sobre o faturamento de 2015 para cobrir o custo do recall dos veículos convocados. A empresa informou que foi notificada pela Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário (de sigla NHTSA, em inglês), dos Estados Unidos da América. Segundo o que foi divulgado, ela foi informada que modelos do fabricante Takata 7312.T - que são instalados não só em vans Daimler, como também em alguns carros da Mercedes-Benz – podem apresentar possíveis defeitos.

Vale ressaltar que, para aqueles que tiveram seus veículos convocados, o conserto do defeito apresentado é gratuito e deve ser realizado mediante agendamento com a concessionária mais próxima ou oficina autorizada da marca. Qualquer dúvida acesse o site da marca, www.daimler.com e procure por mais informações. É importante lembrar que os veículos específicos que serão chamados para reparos ainda não foram divulgados, é preciso esperar os próximos dias para mais informações ou mesmo o contato da marca com você. Não deixe para depois o conserto e repare o seu carro o quanto antes for possível.

Sobre a Daimler

Com sede em Stuttgart, na Alemanha, a Daimler AG é um fabricante de veículos comerciais e de automóveis de passeio, além disso é também uma fornecedora de serviços financeiros. A sua marca mais conhecida no mundo é a Mercedes-Benz, famosa principalmente por seus veículos de alto padrão, verdadeiros tradicionais alemães. Além da Mercedes-Benz, a Daimler também é dona das marcas Maybach, Mercedes AMG, Mitsubishi Fuso, Western Star, Orion Bus Industries e Smart, entre muitas outras, além de possuir participação nas ações de diversas outras marcas.

Ocorrências anteriores



Em 2013 a marca realizou um recall do na época recém-lançado Mercedes Classe A, quando foram convocadas cerca de 6 mil unidades. O problema apresentado na época também foi relativo ao airbag, que poderia não ser acionado corretamente em caso de um acidente. Não houve unidades afetadas no Brasil. Também em 2013, a Daimler anunciou o recall da van Citan – nova na época –, não comercializada no Brasil, também por um problema no sistema de airbag. Em 2002, quando a empresa ainda se chamava DaimlerChrysler Corporation, foi anunciado o recall de 4.488 veículos. Os convocados foram a Caravan e a Grand Caravan fabricadas entre 1996 e 2000, o Stratus Conversível equipado com motor 2.5 l fabricado entre 1996 e 1997 e unidades do PT Cruiser fabricadas entre 2001 e 2002. As unidades apresentavam problemas no sistema de airbag ou na direção hidráulica, dependendo do modelo e do ano de fabricação. O defeito na direção poderia causar não só um aumento do esforço do condutor devido ao vazamento do fluido, como também situações mais graves, como incêndios em caso de contato com fonte de calor.
Segundo o que foi divulgado, a Daimler foi informada que modelos do fabricante Takata 7312.T, podem apresentar possíveis defeitos.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Recalls
Publicado em: 12 Feb 2016 11:02:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário