4 de fev de 2016

Bolloré lançará programa de compartilhamento de carros na Itália

Bolloré lançará programa de compartilhamento de carros na Itália

Para quem ainda não teve nenhuma informação a respeito do assunto, é importante começarmos contextualizando. Vicent Bollore é um bilionário francês que está investindo num novo conceito de mobilidade urbana na Europa. No entanto, a novidade não está necessariamente nisso. Sua intenção é lançar um serviço de carro compartilhado. Como isso funcionaria? Acompanhe conosco neste texto, pois explicaremos por tópicos os principais estudos e como está se desenvolvendo esse projeto que está sendo implantado na Itália. Veja aqui como funciona o programa de compartilhamento de carros que está se desenvolvendo na Europa!

1# - Planejamento inicial



A ideia partiu de uma premissa básica. A redução de custos. Coloque na ponta do lápis os gastos que você tem com um veículo. Nessa planilha anote: as despesas para a compra do veículo, impostos pagos em cima dele, gastos com seguro e também com possíveis reparos que poderão vir a ser feitos. Junte a isso a necessidade de sempre precisar gastar com estacionamentos. Fora o fato de sempre estar precisando procurar lugar para estacionar.

2# - A ideia

A partir de então, Vicent Bollore teve a seguinte ideia: A partilha de carro. Esse planejamento deve ser feito da seguinte forma. Com um aplicativo de celular, você saberá onde está o carro mais próximo para essa finalidade. Você o utilizará para chegar até o seu destino e, em seguida, você deverá deixá-lo estacionado em uma estação de carregamento disponível.  O custo do trajeto será cobrado diretamente no seu cartão de crédito. Interessante não? Funciona como um Uber, um táxi, mas guiado por você mesmo. E com um carro elétrico que deve ser uma tendência para os próximos anos.

3# - Bollore já é pioneiro no assunto

Quando o assunto são os carros elétricos, Bollore já pode ser considerado pioneiro nesse tipo de implantação. Foi a Bollore que criou as baterias de estado sólido que são consideradas mais seguras do que as de íon de lítio que eram tradicionalmente utilizadas. Ela também costuma projetar os seus próprios veículos e os constrói na fábrica que a Peugeot e a Citroen mantém em conjunto, na cidade de Rennes, na França. Seu conversível Bollore Bluesummer é fabricado lá e também fornece o chassi para o novo Citroen Mehari.

4# - Dados sobre o programa

O serviço de compartilhamento de carros de Bollore já vem provando ser muito eficaz na cidade de Paris. Ao todo já possui mais de 10 mil assinantes que utilizam os 3.600 carros que esse serviço de compartilhamento disponibiliza. Agora o programa já começou a ser implantado em Indianápolis e já conta com mais de 500 assinantes em seus dois primeiros meses.

5# - Expansão do programa

Agora o programa está avaliado para ser implantado nas cidades italianas de Roma e Turim. Para o segundo trimestre de 2016, a cidade de Roma deve contar com 150 carros, 70 estações e 200 pontos de carregamento. Está prevista uma expansão para, em dois anos, a cidade contar com mil carros e dois mil pontos de carregamento. Na cidade de Turim, o projeto inicial é de 400 carros e 200 estações até 2018. Também na cidade de Londres , o programa de Bollore já está em conversa com o prefeito da cidade para uma ação envolvendo 1000 carros a longo prazo e que deve começar com 40 já nos primeiros meses desse ano.
Vicent Bollore é um bilionário francês que está investindo num novo conceito de mobilidade urbana na Europa. E agora traz uma novidade à Itália...

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Curiosidades
Publicado em: 04 Feb 2016 16:44:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário