20 de jul de 2016

Pisca-alerta: quando usar e para o que serve?

Pisca-alerta: quando usar e para o que serve?

Em cidades pequenas ou grandes, com alta densidade populacional ou não. As vias estão sempre cheias de automóveis e, consequentemente, de acidentes causados por seus condutores. A presença de alguns elementos, como o pisca-alerta, em veículos é obrigatório, pois trazem maior segurança para o motorista no trânsito. Mas, afinal, você sabe para o que serve e como deve ser usado o pisca alerta? Não é preciso procurar de maneira minuciosa para ver pessoas usando este recurso de maneira equivocada, pois devido a práticas na rotina de todos, criou-se a crença de que não há infração ao parar o carro ou estacionar em um determinado local para resolver um problema “rapidinho”.

O pisca alerta serve, como o próprio nome já diz, para alertar outros motoristas sobre alguma condição ou situação complexa no trânsito. Ou mesmo para deixá-lo ciente de alguma dificuldade que você enfrenta com o seu veículo e que de alguma maneira pode prejudica-lo. Muitos motoristas experientes, e com anos de carteira, não sabem ao certo quando se deve usar o recurso. Para tentar clarear essas informações, vamos detalhar logo abaixo em que momento deve ser o usado o pisca-alerta e quando o seu uso é proibido.

Quando usar o pisca-alerta

Quando o motorista, por algum motivo, tiver que parar no acostamento de uma rodovia, é obrigado a ligar o pisca alerta.
  • Quando uma pane mecânica ou defeito que acomete o veículo em meio a uma via movimentada e há impossibilidade de se locomover, devemos usar o pisca alerta para deixar o condutor que vem logo atrás ciente dos problemas que o carro enfrenta. Nesse caso, use também o também o triângulo de sinalização.
  • Quando o carro morre no meio da rua. Essa situação é considerada emergencial, portanto o pisca-alerta deve ser ligado o mais rápido possível para que haja tempo de evitar algum acidente.
  • Quando, por algum motivo (por exemplo: um acidente), o trânsito está muito lento e os carros estão praticamente estáticos. Nesse caso, a sinalização é importante para o condutor que vem logo atrás: é uma maneira de avisá-lo e evitar que ocorram problemas maiores.

Quando não usar o pisca-alerta



Na realidade, muitos motoristas sabem quando podem usar o recurso, mas não sabem quando não usar. Portanto, na maioria das vezes, nem ao menos sabe que está cometendo uma infração. Todavia, existem outros motoristas que usam o pisca alerta como uma maneira de conseguir levar vantagem em determinadas situações. É proibido uso do pisca alerta para parar o carro em locais que não sejam próprios para estacionamento e não configurem uma vaga. A exceção é quando há uma placa com ‘estacionamento regulamentado’, então o carro poderá parar durante pouco tempo. É proibido ligar o pisca alerta quando o carro estiver em movimento. O motorista que vem logo atrás pode pensar que você está parado, e isso aumenta o risco de colisão. E, por fim, um acidente com o automóvel de trás pode acontecer, também, quando o pisca alerta for ligado durante a chuva, neblina ou cerração.
O pisca-alerta serve, como o próprio nome já diz, para alertar outros motoristas sobre alguma condição ou situação complexa no trânsito.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Curiosidades
Publicado em: 19 Jul 2016 15:59:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário