23 de jul de 2016

Financiamentos de veículos sofrem queda em 2016

Financiamentos de veículos sofrem queda em 2016

Que o Brasil está enfrentando uma grande crise econômica praticamente todo mundo sabe. Afinal de contas, o nível de desemprego e a inflação são dois fatores que crescem cada dia mais. Bem como o preço de produtos importados, que está praticamente impraticável aqui no país. E é exatamente por conta da crise que tem assolado o país que o financiamento de veículos novos tem enfrentado uma queda constante e cada vez maior, o que faz com que as montadoras se encontrem com seus pátios cheios, resultado de vendas que estão cada vez menores. E é exatamente para que você saiba um pouco mais sobre essa queda que nós reunimos aqui diversas informações sobre o assunto.

A constante queda no financiamento de veículos novos



Enquanto a desaceleração econômica só aumenta, as vendas de veículos novos caem na mesma medida. Prova disso é o fato de que, apenas no primeiro trimestre do ano, o número de financiamentos realizados caiu 27,91% quando comparado com o número de vendas que foi praticado no mesmo período do ano passado. Para se ter uma ideia, no período de janeiro a abril de 2016 foram comercializados 644,2 mil veículos. No mesmo período do ano passado, o número de automóveis vendidos foi de 893,7 mil veículos. Isso significa, que por conta da crise que toma conta do país, este ano as montadoras venderam 249,5 mil unidades a menos do que o ano passado. Com uma queda cada vez maior, essa é a terceira retração de vendas que o comércio de automóveis zero quilômetro enfrenta sem sinais de que vai melhorar. Prova disso é que, avaliando apenas o mês de abril, o número de vendas de automóveis novos foi 25,73% menor do que o número de vendas de automóveis do mesmo mês do ano passado. Com as quedas constantes nas vendas e a completa falta de reação na situação econômica do país, as montadoras estão se vendo altamente prejudicada. Prova disso é o fato de muitas delas estarem se vendo obrigadas a encerrar as suas atividades.

  Segundo informações divulgadas pela Fenabrave, apenas neste ano mais de 400 concessionárias encerraram as suas atividades em todo o território nacional. O número é o equivalente a 6,41% do volume de montadoras existentes no país, que totaliza 6.299 lojas. Mais ainda, a crise no setor tem resultado em um número alto de trabalhadores desempregados. Só de janeiro até abril, o número de vagas encerradas nos estabelecimentos que se viram obrigados a fechar as suas portas foi de 16 mil. Para efeito de comparação, durante o ano passado inteiro foram encerrados 48 mil postos de trabalho no país.
Segundo informações divulgadas pela Fenabrave, apenas neste ano mais de 400 concessionárias encerraram as suas atividades em todo o território.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Mercado
Publicado em: 22 Jul 2016 17:33:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário