16 de jun de 2015

Primeiro da turma

Primeiro da turma

Por Péricles Malheiros A onda dos SUVs que invadiu o Brasil também chegou por aqui: em maio, ela trouxe para a praia do Longa Duração o Honda HR-V. Agora é a vez do Renegade. O processo de compra de ambos levou cerca de 20 dias do pedido à chegada, mas o Renegade deu mais trabalho para ser encontrado. Após decidirmos pela versão Longitude básica com motor 1.8 flex e câmbio automático, ativamos o radar. Localizamos quatro unidades, mas todas carregavam o opcional de rodas aro 18, de R$ 1 800, que não nos interessava. Apesar de nenhuma das concessionárias consultadas ter um carro do jeito que a
gente queria, todas trabalhavam com o preço de tabela. A espera acabou quando contatamos a Sinal, de São Paulo: havíamos encontrado o nosso Renegade, por R$ 80 900. No dia da entrega, o vendedor entrou em contato: “Tudo confirmado para a retirada ainda hoje. Só tem um detalhe. Vimos há pouco que o seu carro tem o opcional de rodas aro 18. Como foi um erro nosso, não cobraremos por elas”. Não é o que a gente queria, mas, pelo jeito, agora temos um Renegade mais parecido com o que a maioria das pessoas está comprando: com rodas aro 18. Na entrega, o funcionário se ateve mais à apresentação dos comandos do sistema multimídia. Do lado de fora, em frente ao capô aberto, como se quisesse justificar um ponto fraco do Renegade, disse: “Este não é um carro de performance. É um motor para atender quem tem um perfil mais tranquilo, não é para quem gosta de sair rápido em um semáforo”. Logo entendemos a postura defensiva do técnico: no trânsito, o Renegade é lento. A suspensão oferece conforto mesmo apoiada em pneus esportivos e, dentro, há um porta-objetos sob o assento do banco do passageiro. O espaço traseiro é bom para ombros e cabeça, mas as pernas tocam os bancos dianteiros. Com a chegada quase simultânea do Jeep Renegade e do Honda HR-V, ganhamos mais do que dois carros de Longa. Teremos, na prática, um
comparativo de 60 000 km entre os principais lançamentos de 2015. A marcação das peças foi o sinal verde dessa longa jornada. Ficha técnica Versão: Longitude 1.8 16V Flex
Motor: dianteiro, transversal, 4 cil., flex, 132/130 cv a 5 250 rpm, 19,1/18,6 mkgf a 3 750 rpm
Câmbio: automático, 6 marchas, tração dianteira


Por Péricles Malheiros A onda dos SUVs que invadiu o Brasil também chegou por aqui: em maio, ela trouxe para a praia do Longa Duração o Honda HR-V. Agora é a vez do Renegade. O processo de compra de ambos levou cerca de 20 dias do pedido à chegada, mas o Renegade deu mais trabalho […]

Fonte: 4 Rodas Longaduração
Categoria: Jeep Renegade
Autor: Redação
Publicado em: 15 Jun 2015 17:06:39

Nenhum comentário:

Postar um comentário