11 de jun de 2015

Motocicleta voadora? A Hungria tenta!

Motocicleta voadora? A Hungria tenta!

Quando os fãs de Guerra nas Estrelas apenas imaginavam realizar o sonho de dar uma volta na Speeder Bike – uma motocicleta voadora – não contavam com o avanço tecnológico e claro, uma pitada de ousadia de engenheiros húngaros para chegarem bem perto de tornar o sonho possível. A novidade é o chamado tricóptero Flike, o protótipo de roda de bicicleta, espécie de moto voadora já testada com sucesso.

A motocicleta



O veículo aéreo ainda não tripulado chega a permanecer cerca de um minuto e meio e alguns metros acima do solo, podendo aguentar o peso de até 210 kg, segundo a equipe de produção. Em seu teste de voo, ele tem resistência ao vento e capacidade de manobras no ar. A motocicleta conta com seis rotores ativados por motores elétricos individuais. Sua potência é garantida por baterias de polímero de lítio. O barulho dos motores se assemelha ao de três cortadores de grama usados simultaneamente, quando alcança o voo. É considerada uma grande promessa para a tecnologia.

O projeto

A motocicleta voadora foi desenvolvida por especialistas de um instituto de pesquisa que contou com o patrocínio do governo húngaro. Flike foi projetado para voar como um helicóptero convencional. Os engenheiros húngaros estudam outras capacidades de voo ainda a serem nomeadas. Asseguram ainda que pilotar a moto será tão fácil como andar de bicicleta. O projeto ainda inclui no tricóptero um elevador de emergência, para evitar acidentes, caso um dia aconteça uma falha nos motores elétricos.

Pensando no futuro comercial

Uma vez que os engenheiros tiveram sucesso em seu primeiro voo, estudam agora a possibilidade de construírem um segundo protótipo, com design semelhante ao original, para criarem o modelo comercial planejado. Para que o projeto seja um sucesso e faça parte do mercado futuramente, a equipe planeja desmembrar o Flike e criar uma empresa startup de tecnologia e conseguir investidores.

Antes do Flike

Anterior ao projeto húngaro, outro veículo de voo pessoal foi criado por britânicos em agosto de 2014. Embora o projeto tenha conseguido ultrapassar a sua meta no financiamento do veículo, o equivalente a 45. 612 dólares, a empresa encontrou dificuldade em concretizar seu projeto: não conseguiram a liberação de um drone. Logo, eles continuam arrecadando fundos para continuar a realização do chamado full-size Hoverbike. E você? Já se imagina dando uma voltinha na motocicleta voadora? É só aguardar – e preparar o bolso.
O veículo aéreo ainda não tripulado chega a permanecer cerca de um minuto e meio e alguns metros acima do solo, podendo aguentar o peso de até 210 kg.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Motos
Publicado em: 10 Jun 2015 18:05:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário