9 de ago de 2016

Twingo RS não permite espaço para motor maior

Twingo RS não permite espaço para motor maior

Uma das últimas novidades apresentadas pela Renault foi o novo Twingo GT, que vai ser uma versão mais esportiva do já conhecido Twingo. Porém, com o lançamento, diversas pessoas começaram a perguntar sobre a versão RS do Twingo e quando esta chegaria. Até então a marca não havia se pronunciado e tinha deixado no ar se teria ou não uma versão RS do Twingo, como já acontece com outros veículos da marca, como o Mégane e o Clio, todos com uma versão RS. Agora finalmente a marca tomou um posicionamento e disse que não vai haver uma versão RS do Twingo por motivos bastante práticos. E é exatamente para que você saiba tudo sobre a mais recente novidade da Renault é que nós trouxemos aqui diversas informações sobre o assunto.

Por que não vai haver um Twingo RS?



Bastante questionado após o lançamento do Twingo GT, o CEO da marca finalmente anunciou que não há a possibilidade de um lançamento de uma versão RS. E a resposta para isso foi bastante simples, o Twingo não vai ganhar uma versão RS porque não há espaço para um motor maior no veículo e os apenas 110 cv da versão GT não justificam a nomenclatura RS, por isso a versão foi batizada de outra maneira. Segundo a declaração dada, o CEO da Renault, Patrice Ratti, divulgou que o Twingo GT apresenta o equilíbrio perfeito entre potência, custo e também agilidade. Ainda segundo suas palavras, com a nova potência e as alterações na suspensão e na direção, o pequeno se tornou um carro bastante divertido de se dirigir. Para que um Twingo RS fosse lançado seria preciso alcançar uma potência de pelo menos 150 cv, algo que infelizmente não é viável para o Twingo. Isso porque tanto o motor quanto a tração do veículo são traseiros, o que significa que não há espaço útil no carrinho para se colocar um motor de quatro cilindros necessário para alcançar tal potência necessária para a versão.

A única coisa que seria possível para criar uma versão RS do Twingo é utilizar o motor de três cilindros para alcançar a potência desejada. Porém, para isso seria preciso reprojetar completamente o motor, o que acabaria elevando muito o custo e consequentemente inviabilizando o projeto. Com tudo isso, podemos concluir que o Twingo GT é o mais próximo que o compacto vai chegar de uma versão esportiva. Com 110 cv e transmissão manual, rende uma direção bastante divertida para quem desejaria um RS, mas agora sabe que a versão simplesmente não é viável para o compacto da Renault.
Com todos os entraves levantados, podemos concluir que o Twingo GT é o mais próximo que o compacto vai chegar de uma versão esportiva.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Prévias
Publicado em: 09 Aug 2016 00:51:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário