17 de ago de 2016

Em quanto tempo deve se trocar o óleo e a água?

Em quanto tempo deve se trocar o óleo e a água?

Esses elementos, tanto o óleo quanto a água, são frequentemente esquecidos pelo dono do carro, e isso pode acarretar em problemas futuros para o carro. Portanto é necessário sempre ficar de olho nesses aspectos para não ter dores de cabeça futuras.

Manutenção do carro

A água do radiador e o óleo do motor não são as únicas coisas que devem ser levadas em consideração para manter uma boa manutenção do seu carro, mas elas especificamente precisam ser mais lembradas, já que também são as mais esquecidas.

O óleo



O óleo do motor tem a função de lubrificar todas as peças presentes no motor, que faz com que o motor não funda, e para isso o óleo precisa estar acima do nível mínimo de óleo. Se não estiver, pode causar danos e em último caso fundir o motor. Por isso, é muito importante estar a par do manual do proprietário, pois lá consta todas as informações sobre troca de óleo. A troca do óleo também vai variar do tipo de lubrificante utilizado, e o tipo de lubrificante vai variar de acordo com o carro e quantos quilômetros rodados possui o veículo.

Normalmente, funciona da seguinte maneira:

Um lubrificante de base mineral deve ser trocado a cada 5mil km. Já um lubrificante à base semissintética deverá ser trocado a cada 10 mil km, e um lubrificante de base sintética pode ser trocado a cada 20mil km. No manual do proprietário do carro, deverá contar quais dessas bases será a mais recomendada para o carro. Quando se diz mais recomendada, não quer dizer obrigatória, apenas quer dizer que essa funcionará talvez melhor segundo os testes dele, o que não impede ninguém de experimentar bases diferentes. Também relacionado à troca de óleo, existe a troca de filtro. A recomendação dessa troca estará no manual do mesmo modo. O mais comum é fazer a troca do filtro a cada duas trocas de lubrificante.

A água



A água no radiador serve para resfriar todo o sistema de arrefecimento, ou seja, alivia o calor do motor. Porém, na verdade essa água não é água normal como estamos acostumados. É sempre uma água com certos aditivos. Esses aditivos fazem com que essa “água” possua um ponto de ebulição superior ao 100ºC. Ou seja, ela poderá trabalhar em sistemas que alcancem temperaturas elevadas. O recomendado é que essa água com aditivos seja trocada a cada 10 mil km, ou seja, terá um certo tempo para que ela seja trocada, então se o nível dela estiver se alterando com muita frequência, pode ser um sinal de vazamento e é necessário observar e fazer um reparo. Para verificar o nível da água é preciso que o motor esteja frio, ou seja, desligue o carro e espere pelo menos 10 minutos para fazer essa checagem. Existem alguns sinais de que está na hora de fazer essa troca – da água, do aditivo, ou dos dois. Se a água estiver fervendo é necessário adicionar aditivo. Se a água estiver baixando pode ser um problema de vazamentos e é preciso levar ao mecânico. Se a água estiver escura ou muito suja, é hora de fazer a troca.

A troca

Percebe-se que a troca tanto do óleo quanto da água não é medida em tempo, mas em quilômetros rodados. E também existem outras formas de se perceber a necessidade de troca. Portanto, verifique seu manual e esteja sempre atento aos sinais de seu carro.
Esses elementos, tanto o óleo quanto a água, são frequentemente esquecidos pelo dono do carro. Então, veja de quanto em quanto tempo deve trocá-los!

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Curiosidades
Publicado em: 17 Aug 2016 13:49:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário