21 de ago de 2016

Produção e vendas de motos seguem em queda para o mês de julho

Produção e vendas de motos seguem em queda para o mês de julho






Produção e vendas de motocicletas a afins amargou queda de 26,6% e 23,4%, respectivamente Divulgação Ao contrário da produção de veículos, que teve alta de 4,7% em relação a junho, a de motocicletas amarga queda de 7,6% em relação a junho, com 75.233 e 81.387 unidades, na ordem. Já na comparação com 2015, quando foram fabricadas 102.450 unidades, houve retração de 26,6%. Os dados foram divulgados pela ABRACICLO — Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares —. Na mesma linha, as vendas para os concessionários sofreram queda de 7,2%, total de 71.760 unidades frente às 77.368 vendidas em junho. Em comparação ao ano de 2015, o recuo é de 23,4%, quando foram comercializadas 93.654 motocicletas. — O segmento ainda sofre com os impactos da crise político-econômica. Observamos com cautela o mercado. De qualquer forma, a tendência aponta para certa estabilidade nos próximos meses, considerando que, historicamente, trata-se de um período mais favorável para os negócios com motocicletas —, afirma Marcos Fermanian, presidente da entidade. Diferente do registrado até o momento, as vendas externas sofreram retração de 50,4% em julho, com 3.798 unidades frente às 7.657 unidades comercializadas em junho. Em comparação com mesmo mês de 2015, a queda foi de 55,7%. No acumulado de janeiro a julho, no entanto, que totalizou 34.932 unidades, as exportações de motocicletas cresceram 30,3% comparadas ao volume de igual período do ano passado (26.815 unidades).

Assine já o R7 Play e veja a programação da Record online

Fonte: R7
Publicado em: 2016-08-09T18:45:38-03:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário