21 de mar de 2016

Renault traz prévia do Captur brasileiro

Renault traz prévia do Captur brasileiro

Já conhecido no mercado europeu, o Captur, da francesa Renault, está se preparando para desembarcar não só no mercado nacional, como também nos mercados dos países emergentes em uma versão atualizada e adaptada especialmente para os mercados.ão atualizada e adaptada especialmente para os mercados. E na última semana a Renault revelou uma prévia do seu novo Kaptur – sim, com K –, que foi desenvolvido em uma colaboração entre brasileiros e russos e que também deve chegar, ainda este ano, no mercado da Rússia (por isso a adaptação do nome com a letra K no lugar do C).

O que esperar do Captur brasileiro



A prévia divulgada pela montadora francesa é o primeiro teaser oficial que foi divulgado pela marca. Vale ressaltar que o nome Kaptur, com K, deve ser exclusividade da Rússia, tendo em vista que a mudança foi uma adaptação para o idioma local. Em terras brasileiras o crossover deve chegar com o mesmo nome utilizado no mercado europeu: Captur. A versão brasileira e também a russa chegarão produzidas sobre a plataforma do Duster, ao contrário do que acontece na versão comercializada no Velho Continente, que é construído tendo como base o Clio IV. Mas as mudanças em relação à versão europeia não param por aí. O Captur nacional chega maior e com design remodelado especificamente para o mercado brasileiro – e russo. Entre elas estão a grade dianteira que chega maior por aqui e também os faróis, que vão aparecer mais esticados para a lateral. Além disso, o Captur brasileiro ganhará luzes diurnas equipadas com LED e desenhadas em formato de C. De quebra, ao contrário da versão que já é comercializada há um tempo no mercado europeu, o Captur versão Brasil não terá opção de sete lugares. Em relação ao motor, a versão equipada com um 2.0 com 143 cv já está confirmada em terras brasileiras. Além disso, o modelo 1.6 que antes estava completamente descartado para o país voltou a ter a sua comercialização discutida.

O novo crossover deve ser produzido na fábrica da marca que fica em São José dos Pinhais, no Paraná. Segundo os planos originais da Renault, o Captur seria lançado aqui no país ainda neste ano, porém, devido a atrasos no projeto, o início das vendas em território nacional vai ficar apenas para 2017. Em relação aos preços, espera-se que o novo Captur brasileiro chegue ao país custando em torno de R$ 80 mil. Agora resta esperar mais um ano para descobrir o valor exato e todos os detalhes do crossover que promete fazer sucesso no país. Para os ansiosos, a Renault tem planos de apresentar a versão oficial ainda este ano no Salão de São Paulo. O evento está previsto para acontecer no final do ano, entre os dias 10 e 20 de novembro no São Paulo Expo, que será localizado na Zona Sul da capital paulista. Agora é esperar para ver se o modelo brasileiro fará jus à versão já existente no Velho Continente.
O Captur nacional chega maior e com design remodelado especificamente para o mercado brasileiro – e russo.

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Prévias
Publicado em: 21 Mar 2016 13:46:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário