20 de nov de 2015

Para Porsche, motores aspirados estão completamente esgotados

Para Porsche, motores aspirados estão completamente esgotados

A Porsche anunciou que os modelos aspirados estão completamente esgotados. Mesmo antes do final do ano, a marca de luxo alemã já anunciou a quebra de recordes em comparação com os números do ano anterior. Foram mais de 190 mil unidades vendidas,fazendo com que mesmo dois meses antes do fim do ano o número já supera o total de todo o montante do ano de 2014. Com isso, a marca anuncia o fim da era aspirada e a renovação da marca a partir da adesão de modelos com propulsores alimentados por turbo. Os números das vendas batem os do ano passado com dois meses para o fim de 2016

Em outubro, as vendas da Porsche tiveram um aumento de 18,2% em relação ao mesmo período do ano passado, foram 18.699 unidades vendidas, sendo 4.950 na China, 4.070 nos Estados Unidos e 2.644 na Alemanha, seus principais mercados. A marca afirma que os resultados são uma resposta à sua diversidade e renovação implantadas principalmente no último ano, que buscam suprir as diferentes necessidades dos seus clientes. Destaque para as vendas dos SUVs Macan e Cayenne, e o esportivo 911, com 70 mil exemplares do Macan vendidos nesses dez meses, e 60 mil unidades vendidas do Cayenne, o esportivo 911 vem em terceiro na lista tendo 27 mil unidades vendidas também neste ano.

Porsche planeja futuro pela adesão de motores com propulsores alimentados por turbo

A Porsche admite que o futuro dos carros da marca passa pela adoção de propulsores alimentados por turbo, pois os motores naturalmente aspirados estão esgotados e o limite de desempenho e eficiência já foi totalmente alcançado. Assim, ultrapassar os limites de desempenho e eficiência alcançados comprometeriam o nível de emissões, por isso, a adoção de propulsores alimentados por turbo é a saída para os modelos a serem desenvolvidos. Assim, a marca admite que o uso de motores aspirados limita-nos em seus objetivos primordiais, que é desempenho e eficiência. A empresa busca manter a liderança com a adoção do turbo.

Mudança já pode ser vista nos modelos do Porsche 911 e Carrera S

No facelift do 911, a Porsche já demonstra um exemplo dessa nova política, com o modelo abandonando o propulsor de 3.4 litros seis cilindros por um de 3.0 litros biturbo seis cilindros de 370 cv, com um aumento de 20 cv e 45,8 kgfm de torque. O Porsche 911 com novo motor turbo foi anunciado para o mercado brasileiro com lançamento para 2016. Junto dele podemos citar também o Carrera S, de mesmo motor e configurado para 420 cv e 51 kgfm de torque, ambos acelerando de 0 a 100 km/h em, respectivamente, 4,2 segundos e 3,9 segundos.
A Porsche admite que o futuro dos carros da marca passa pela adoção de propulsores alimentados por turbo. Então, mudanças virão!

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Prévias
Publicado em: 20 Nov 2015 12:26:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário