18 de nov de 2015

Dono de Veloster ganha briga na Justiça contra a Hyundai-Caoa por propaganda enganosa do motor

Dono de Veloster ganha briga na Justiça contra a Hyundai-Caoa por propaganda enganosa do motor






Veja a galeria completa Montadora terá de pagar R$ 25.334 ao cliente por falsa informação Divulgação A Hyundai-Caoa perdeu mais uma briga judicial. Desta vez, o dono de um Veloster conseguiu provar que a empresa o enganou sobre a potência do hatch, cuja publicidade informava 140 cavalos, quando o motor 1.6 litro (o mesmo do compacto HB20) gerava 128 cv de força. Pela mentira, a montadora terá de pagar R$ 25.334,44 ao lesado. O processo, contudo, não envolveu apenas os dados de rendimento do motor. A Hyundai-Caoa também informou na época do lançamento que o Veloster trazia de fábrica oito air bags e sistema de som com oito alto-falantes. Porém, na prática, o modelo não possuia tais itens instalados. Lançado em 2011, o Veloster fez grande sucesso graças, em parte, ao elevado investimento da marca em campanhas publicitárias. As peças valorizavam o fato de o modelo ter apenas três portas e não quatro — no banco traseiro, há porta apenas do lado direito. À época, sem muitos modelos na faixa de R$ 100 mil com proposta esportiva, vários clientes fazeram fila nos concessionários. Alguns chegaram a dar sinal antes mesmo de o hatch desembarcar no País, o que resultou em cobrança de ágio. Agora, alguns anos depois, a Hyundai-Caoa terá de pagar pelos erros. Visite aqui a página de R7 Carros Assine o R7 Play e veja a programação da Record online!

Fonte: R7
Publicado em: 2015-11-03T11:52:00-02:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário