1 de nov de 2015

Empresa lança software pioneiro para 'piloto automático' em carro elétrico

Empresa lança software pioneiro para 'piloto automático' em carro elétrico




Veja a galeria completa Dois modelos fabricados pela Tesla contarão com o novo software Divulgação/Tesla A fabricante americana de carros elétricos Tesla lançou uma atualização para o software de seus veículos que possibilita que os carros tenham um modo "piloto automático". O carro não será totalmente independente, mas o novo software faz com que carro Model S e o novo Model X possam "automaticamente se orientar por uma estrada, mudar de pista e ajustar a velocidade em resposta ao trânsito" à sua volta. O presidente da Tesla, Elon Musk, afirmou que o modo piloto automático foi criado para aumentar a confiança do motorista. Mas Musk acrescentou que os motoristas que adotarem o novo software, disponibilizado na América do Norte a partir desta quinta-feira, devem ser cautelosos no uso do programa. "Esperamos que (o carro) não atropele pedestres. (O software) Deve lidar bem com eles", afirmou Musk para jornalistas. O presidente da Tesla já esclareceu que, se o carro se envolver em um acidente, o motorista ainda será responsabilizado. "O motorista não pode abdicar da responsabilidade. Isto virá em algum momento no futuro", disse. As informações sobre o uso do novo software em outras regiões do mundo serão atualizadas nas próximas semanas, dependendo de aprovação e regulamentação local. LEIA TAMBÉM
Primeiro SUV elétrico do mundo, Tesla Model X tem ar-condicionado que anula armas biológicas

O piloto automático combina sensores, câmeras e mapas para determinar a posição do carro Divulgação/Tesla Câmeras e sensores O novo software da Tesla usa uma combinação de câmeras, radares, sensores e dados de mapeamento para determinar a posição do carro e como deve ser a navegação. Quando o carro tiver chegado ao destino, poderá escanear o espaço disponível e estacionar sozinho. Diferente dos projetos do Google, que visam um veículo totalmente autônomo, o plano da Tesla é gradualmente fazer com que o software assuma funções que antes eram do motorista. Atualmente existem limitações ao software que, segundo Musk, serão resolvidas. "Se há muita neve será mais difícil o sistema funcionar, então é melhor ter cautela. Essencialmente é como uma pessoa - como uma pessoa pode descobrir que rota deve pegar. Com o tempo, será melhor que uma pessoa", disse. "No longo prazo será muito melhor que uma pessoa. Nunca fica cansado, nunca bebe nada, nunca está discutindo com outra pessoa dentro do carro. Não tem distrações." Outros fabricantes de carro, como a BMW e a Volvo, também estão desenvolvendo e implementado funções que concedem graus de autonomia a seus carros. E o carro totalmente automatizado da Google já percorreu mais de 1,6 milhão de quilômetros, a maior parte na Califórnia. Visite aqui a página de R7 Carros Assine o R7 Play e veja a programação da Record online!

Fonte: R7
Publicado em: 2015-10-15T18:35:00-03:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário