6 de mai de 2015

Como funciona a fibra de carbono

Como funciona a fibra de carbono

Todo mundo já ouviu falar da fibra de carbono sendo aplicada em carros, especialmente nos modelos que competem na Fórmula 1 e em outras categorias, não é mesmo? Por ser muito leve e resistente, ela também passou a ser aplicada na fabricação de carros superesportivos vendidos para o público ao redor do mundo, mas sempre com preços exorbitantes. Ao que tudo indica, a fibra de carbono caminha para se popularizar, e com isto, ela deverá chegar ao mercado dos carros populares, podendo equipar um carro seu, por exemplo. Vamos entender o seu funcionamento!

Leveza e resistência



Se alguém pudesse definir a fibra de carbono e sua aplicação dentro da indústria automobilística em apenas duas palavras, estas palavras seriam, com toda a certeza, as seguintes: leveza e resistência. Propriedades básicas da fibra de carbono são justamente por conta delas que este material passou a figurar tão rapidamente dentro do automobilismo de competição, já que além de ser resistente, também permite que a velocidade e o desempenho sejam melhores. Com isto, ela logo foi levada também aos superesportivos de produção, que passaram a contar com a presença deste material para ficarem mais leves e para melhorarem seus desempenhos. Inventada em 1958 por Roger Beacon, que era funcionário da Union Carbide, a fibra de carbono é composta por fios microscópicos que são feitos de átomos de carbono, que são alinhados de modo a produzir o efeito que permite que sejam tecidos. Com isto, é possível que estes fios sejam combinados a outros tipos de material, podendo ser aplicado em qualquer coisa: varas de pescar, aviões, raquetes de tênis e carros. Sua produção se dá por meio de temperaturas altíssimas, que ajudam a formar os fios microscópicos que acabam por constituir a fibra de carbono que servirá de base para o que virá depois.

A chegada aos carros populares

A boa notícia veio da Ford, que indicou que pretende fazer com que seus modelos mais populares também passem a usar fibra de carbono como um de seus componentes mais importantes. A montadora estadunidense está desenvolvendo um tipo de fibra de carbono mais barata, para tentar fazer com que em breve, ela esteja presente também nos carros populares, o que poderá significar que você terá mais chances de levar para a sua garagem um modelo que utiliza a fibra de carbono como um de seus componentes.
A fibra de carbono caminha para se popularizar, e com isto, ela deverá chegar ao mercado dos carros populares. Veja como ela funciona!

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Como Funciona
Publicado em: 28 Apr 2015 20:41:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário