11 de mai de 2015

Acabaram com a Kombi

Acabaram com a Kombi




Acabaram com a Kombi Bulli, o suposto protótipo da "nova Kombi", em desenvolvimento desde 2011, continua não agradando Não é de hoje que a Volkswagen alemã nos “agracia” com protótipos daqueles que podem vir a se tornar os sucessores da charmosa Kombi. Mas ao que tudo indica dessa vez a coisa é séria. 
Durante o Salão de Nova York, que ocorre até 12 de abril, o presidente do conselho da montadora, Dr. Heinz-Jakob Neusser, revelou que engenheiros da marca já trabalham em um protótipo da Camper, nome pelo qual a Kombi é conhecida no mercado europeu. Segundo o executivo, o design da Kombi é tão icônico que qualquer tentativa de criar uma versão diferente do veículo original não funcionaria. 
Portanto há três regras de estilo a serem seguidas: "Primeiro, a sólida e larga coluna D, em segundo, o formato "quadradão", e finalmente a frente reta, com distância bem curta da coluna A até a dianteira".
Embora concordemos em gênero, número e grau com o senhor Heinz-Jakob, ficou evidente que o protótipo não agradou - de acordo com o que vimos nas fotos -, por isso vamos apontar algumas falhas que o protótipo chamado “Bulli” apresentou: 
#FALHA IPara começar fica difícil imaginar uma Kombi com apenas 5 lugares. Por gerações a famosa van da VW cumpriu de maneira primorosa a mais sagrada das missões: levar grandes galeras para a farra (seja ela onde for).  Uma Kombosa com apenas cinco lugares não passaria de um Doblô, na pior das hipóteses um Ideia.
#FALHA IIO carro é “retão” demais. No meu imaginário, uma Kombi é algo semelhante a uma senhora formosa, com curvas sutis e cara de boa gente. A Kombi não nasceu para ser invocada, ela é como um cachorro, um mascote dócil e gentil, parte da família. 
#FALHA IIIO que fizeram com os faróis? Tudo o que a Volks acertou na reestilização do Fusca parece não ter sido aplicado aqui. Kombi com “cara de má” não vinga. Por mais nova e moderna que possa vir a ser, tem que ter cara de gente boa, de carro do bem. 
#FALHA IVQue porta-malas é aquele? Tudo bem, eu sei que provavelmente os bancos serão removíveis, mas pera lá, a Kombi que eu conheci podia retirar todo entulho de uma pequena obra facilmente, ou carregar toda uma banda de rock e seus equipamentos, mas este carrinho aqui me surpreenderá caso seja possível alocar todas as miudezas que cabem na bolsa de uma mulher. 
Depois de apontar todos os detalhes asseamos que este protótipo elétrico chamado de Bulli - merece bullying mesmo - não seja a nossa tão querida e amada Kombi, porque Volkswagen, você não tem o direito de sacanear a Kombosa dessa maneira, afinal de contas, ela nos pertence tanto quanto pertence a vocês.  Ainda estamos órfãos. Não é de hoje que a Volkswagen alemã nos “agracia” com protótipos daqueles que podem vir a se tornar os sucessores da charmosa Kombi. Mas ao que tudo indica dessa vez a coisa é séria. 
Durante o Salão de Nova York, que ocorre até 12 de abril, o presidente do conselho da montadora, Dr. Heinz-Jakob Neusser, revelou que engenheiros da marca já trabalham em um protótipo da Camper, nome pelo qual a Kombi é conhecida no mercado europeu. Segundo o executivo, o design da Kombi é tão icônico que qualquer tentativa de criar uma versão diferente do veículo original não funcionaria. 
Portanto há três regras de estilo a serem seguidas: "Primeiro, a sólida e larga coluna D, em segundo, o formato "quadradão", e finalmente a frente reta, com distância bem curta da coluna A até a dianteira".
Embora concordemos em gênero, número e grau com o senhor Heinz-Jakob, ficou evidente que o protótipo não agradou - de acordo com o que vimos nas fotos -, por isso vamos apontar algumas falhas que o protótipo chamado “Bulli” apresentou: 
#FALHA IPara começar fica difícil imaginar uma Kombi com apenas 5 lugares. Por gerações a famosa van da VW cumpriu de maneira primorosa a mais sagrada das missões: levar grandes galeras para a farra (seja ela onde for).  Uma Kombosa com apenas cinco lugares não passaria de um Doblô, na pior das hipóteses um Ideia.
#FALHA IIO carro é “retão” demais. No meu imaginário, uma Kombi é algo semelhante a uma senhora formosa, com curvas sutis e cara de boa gente. A Kombi não nasceu para ser invocada, ela é como um cachorro, um mascote dócil e gentil, parte da família. 
#FALHA IIIO que fizeram com os faróis? Tudo o que a Volks acertou na reestilização do Fusca parece não ter sido aplicado aqui. Kombi com “cara de má” não vinga. Por mais nova e moderna que possa vir a ser, tem que ter cara de gente boa, de carro do bem. 
#FALHA IVQue porta-malas é aquele? Tudo bem, eu sei que provavelmente os bancos serão removíveis, mas pera lá, a Kombi que eu conheci podia retirar todo entulho de uma pequena obra facilmente, ou carregar toda uma banda de rock e seus equipamentos, mas este carrinho aqui me surpreenderá caso seja possível alocar todas as miudezas que cabem na bolsa de uma mulher. 

Depois de apontar todos os detalhes asseamos que este protótipo elétrico chamado de Bulli - merece bullying mesmo - não seja a nossa tão querida e amada Kombi, porque Volkswagen, você não tem o direito de sacanear a Kombosa dessa maneira, afinal de contas, ela nos pertence tanto quanto pertence a vocês.  Ainda estamos órfãos. 


Fonte: R7
Publicado em: 2015-04-07T19:56:05-03:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário