9 de abr de 2015

Impressões do Mercedes-Benz GLA 250

Impressões do Mercedes-Benz GLA 250



Veja também:

  • Mercedes lança GLA Style
  • Teste do novo Mercedes-Benz GLA
O Mercedes-Benz GLA está à venda há apenas seis meses no Brasil. Nesse curto espaço de tempo, a marca alemã emplacou pouco mais de 330 veículos/mês – das versões GLA 200 e GLA 45 AMG. E mais do que isso: traçou um perfil completo do crossover no mercado brasileiro. O modelo é o mais vendido da gama compacta da Mercedes por aqui – que ainda tem o Classe A, CLA e o Classe B. Para isso, a idade do público-alvo do GLA foi reduzida. Enquanto a fabricante trabalha com uma faixa entre 49 e 54 anos para outros carros, a do GLA se fixou em 40 anos. As mulheres também têm participação expressiva: 38%. Com todo esse “leque” de informações, as apostas no utilitário são grandes. Em 2015, só o GLA responderá por 35% de toda a cota que a  Mercedes pretende importar ao Brasil. E a meta é triplicar as vendas e atingir 6 mil unidades esse ano.

Para isso, a marca tratou de expandir o portfólio. Trouxe ao Brasil a versão intermediária GLA250 com motor 2.0 turbo de 211 cv e duas versões de acabamento: Vision e Sport. Agora, ao todo, são sete configurações do crossover, que briga diretamente com os compatriotas BMW X1 e Audi Q3, e que será produzido em Iracemápolis, no interior de São Paulo, a partir de 2016.

A configuração 250 visa preencher a lacuna deixada pela Mercedes-Benz na gama do GLA. Até então, a marca alemã comercializava a versão de entrada – GLA 200 – equipada com o motor 1.6 litro turbo de 156 cv e diferentes tipos de acabamento e a “top” AMG com seu poderoso 2.0 turbinado de impressionantes 360 cv de potência e tração integral. No novato GLA 250, tanto a versão Vision quanto a Sport trazem sob o capô o conhecido propulsor 2.0 litros turbo de 211 cv a 5.500 rpm e 35,7 kgfm de torque entre 1.200 e 4 mil giros – bastante usado nos modelos da Mercedes no Brasil. Ele é sempre aliado a uma transmissão automatizada de sete marchas e duas embreagens. O trem de força leva o GLA250 de zero a 100 km/h em 7,2 segundos e atinge os 235 km/h de velocidade máxima – controlada eletronicamente.

Entre as duas novas versões – que devem responder por 20% do todo o “mix” do GLA –, uma não é inédita. A Vision já era oferecida anteriormente no GLA200 com motor 1.6 turbo. No GLA 250, a lista que traz paddle-shifts para trocas manuais, assistente de partida em subidas, faróis bixenônio com limpadores e luzes diurnas de leds, sete airbags, sistema start/stop, sistema multimídia com rádio, GPS, Bluetooth, entrada USB e memória de 10 GB, park-assist, teto solar panorâmico e ar-condicionado dual zone se mantém intacta. A distinção fica por conta do motorização e, claro, do preço: R$ 171.900 – R$ 17 mil a mais que o GLA200 Vision.

Já as diferenças da versão Sport começam logo na estética. O crossover ganha o kit visual AMG, que introduz para-choque dianteiro com entradas de ar mais largas, rodas exclusivas de 19 polegadas, uma espécie de extrator que engloba as duas saídas de escapamento e pequenas aberturas do para-choque traseiro para a passagem de ar. Dentro, o acabamento interno dos bancos passa a ser em Alcantara. O interior conta ainda com detalhes cromados e as costuras dos bancos, volante e nos painéis das portas são avermelhadas. No quesito tecnologia, a configuração Sport ganha câmara de ré, abertura e fechamento elétrico do porta-malas e partida sem chave, além de todos os itens presentes na Vision. A etiqueta de preço também sobe: R$ 189.900.

Primeiras  impressões

Itatiba/SP – O Mercedes-Benz GLA 250 tirou de letra os 130 km de ruas e estradas que separam a capital paulista da cidade de Itatiba. Um dos destaques é o conforto a bordo. Os bancos esportivos “abraçam” o motorista e o passageiro e dão um ótimo apoio ao corpo. O espaço para as pernas também é amplo. O sofisticado habitáculo da versão Sport – com acabamentos cromados e costuras vermelhas – agrada logo de cara. Só a quantidade de funções que, à primeira vista, pode parecer um pouco confusa.
Dinamicamente, nas bem pavimentadas estradas paulistas, o GLA 250 fica à vontade. O propulsor 2.0 litros turbo de 211 cv empurra com destreza o crossover, ainda mais pelo auxílio luxuoso da transmissão de sete marchas e dupla embreagem. As trocas são rápidas e imperceptíveis. Não há falta de força em nenhum momento. Outro resultado é o zero a 100 km/h em 7,2 segundos. A suspensão firme, que promove alguns solavancos na cidade, mostra sua eficácia na estrada ao segurar o rolamento da carroceria nas curvas. Apesar de ter um estilo de utilitário, o GLA250 é bem “no chão”. Mesmo em altas velocidades, o modelo mantém a compostura e não “flutua”.
O GLA250 Vision é mais “simples”. O preto domina e dá um tom sóbrio ao habitáculo. O contraste fica por conta do fundo branco dos mostradores – conta-giros e do velocímetro – no painel de instrumentos. As costuras mais claras do volante e das portas, além da forração interna dos bancos menos luxuosa, evidenciam que se trata da versão Vision. Mas o acabamento é primoroso, com materiais de boa qualidade e encaixes perfeitos. A configuração também é tecnológica com destaque para o park assist, que estaciona o veículo em vagas transversais e perpedinculares, e o sistema multimídia com HD e 10 Gb de capacidade armazenamento.

Ficha técnica

Mercedes-Benz GLA 250

Motor: Gasolina, dianteiro, longitudinal, 1.991 cm³, quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, turbo, comando duplo de válvulas no cabeçote variável na admissão e no escape. Acelerador eletrônico e injeção direta.
Transmissão: Automatizada de duas embreagens e sete marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira. Oferece controle de tração.
Potência: 211 cv a 5.500 rpm.
Torque: 35,7 kgfm entre 1.200 rpm e 4 mil rpm.
Aceleração de zero a 100 km/h: 7,2 segundos.
Velocidade máxima: 235 km/h.
Diâmetro e curso: Não informado.
Taxa de compressão: 9,8:1.
Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, braço inferior triangular, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora. Traseira four-link, mola helicoidal, amortecedor pressurizado e barra estabilizadora.
Pneus: 235/50 R18 (235/45 R19 na Sport).
Freios: Discos ventilados na frente e sólidos atrás. 
Carroceria: Utilitário esportivo em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,41 m de comprimento, 1,80 m de largura, 1,49 m de altura e 2,70 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais, laterais e de cortina de série.
Peso: 1.455 kg em ordem de marcha.
Capacidade do porta-malas: 421 litros.
Tanque de combustível: 50 litros.
Produção: Rastatt, Alemanha.
Lançamento mundial: 2013.
Lançamento no Brasil: 2015.

Itens de série e Preços

GLA 250 Vision: paddle-shifts para trocas manuais, controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em subidas, barras longitudinais no teto, faróis bixenônio com limpadores e LEDs, sete airbags, sistema start/stop, sensor de chuva, piloto automático, limitador de velocidade, direção elétrica progressiva, volante multifuncional revestido em couro sintético, ar-condicionado digital, sistema multimídia com rádio, Bluetooth, entrada USB e memória de 10 GB, park-assist, alerta de fadiga, aviso de perda de pressão dos pneus, bancos esportivos revestidos em couro sintético, rodas de liga leve de 18 polegadas, ajuste elétrico do banco do motorista com função de memória, teto solar panorâmico, rodas com desenho exclusivo, navegador GPS e ar-condicionado dual zone.
Preço: R$ 171.900.
GLA250 Sport: adiciona ajustes elétricos para o banco do passageiro, rodas de 19 polegadas AMG, acabamento interno dos bancos dianteiros em Alcantara, câmara de ré, abertura e fechamento elétricos do porta-malas, botão start/stop e acabamento dos bancos, volante e painéis das portas com costuras vermelhas e interior com detalhes cromados.
Preço: R$ 189.900.

Autor: Raphael Panaro (Auto Press)
Fotos: Raphael Panaro/Carta Z Notícias e divulgação (interior e motor)

No centro da meta - Com motor 2.0 turbo de 211 cv e duas versões de acabamento, Mercedes-Benz amplia oferta do GLA no Brasil

Fonte: Salão do Carro
Categoria: Testes
Publicado em: 08 Apr 2015 17:20:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário