11 de jan de 2016

Volkswagen apresenta soluções de reparo para software fraudulento

Volkswagen apresenta soluções de reparo para software fraudulento



Volkswagen deve anunciar um recall de 8,5 milhões de veículos Stringer Brazil/Reuters Após o escândalo da fraude nos motores da Volkswagen, a montadora alemã apresentou as primeiras soluções para seus consumidores adaptarem às normas os carros que foram equipados com um dispositivo que adulterava os resultados das emissões de poluentes no ambiente. De acordo com a agência France Press, a medida adotada pela empresa, e apresentada para a KBA (a agência reguladora alemã), vai exigir menos de 1 hora de trabalho em oficinas. Em um comunicado, a empresa exemplificou soluções os motores a diesel EA189 de 1.6 litro e 2 litros de cilindrada. Para os motores de 1.2 litro, a solução técnica será apresentada à KBA no final do mês e "consistirá provavelmente em uma atualização do software" para que os veículos passem a respeitar os limites de emissões de óxido de nitrogênio. Acompanhe a página de carros do R7 Nos veículos de 1.6 litro deverá ser instalado um conversor de corrente no motor, diante do medidor de vazão de ar. De acordo com a Volks, esse reparo deve demorar “menos de uma hora”. Para os de dois litros, uma atualização do programa será o necessário, e será gasto “por volta de meia hora de trabalho” nas oficinas. A empresa admitiu ter equipado milhões de motores a diesel com um dispositivo capaz de falsificar as medições de emissões de óxido de nitrogênio em testes, da mesma forma como os níveis de emissão de dióxido de carbono em outros 800 mil veículos a gasolina. A partir de janeiro, o grupo Volkswagen deve anunciar um recall de 8,5 milhões de veículos. No Brasil, pelo menos 17 mil unidades da Amarok serão chamadas. Assine o R7 Play e veja a Record online!

Fonte: R7
Publicado em: 2015-11-26T09:19:26-02:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário