22 de jul de 2014

Visitamos a (nova) fábrica do jipão Troller T4 no Ceará

Visitamos a (nova) fábrica do jipão Troller T4 no Ceará



Linha de produção do novo Troller T4 em Horizonte (CE) Felipe Tchilian/R7 A Troller reinaugurou nesta quinta-feira (17) sua fábrica na cidade de Horizonte, no Ceará, com instalações ampliadas, modernizadas e equipadas com novos processos de manufatura. A transformação faz parte dos investimentos para a produção do novo T4, que chega em agosto por R$ 110.990. O evento contou com a presença do governador do Ceará, Cid Gomes, do prefeito da cidade de Horizonte, Manoel Gomes de Farias, e do gerente de Operações da Troller, Wagner Conceição, além de jornalistas e convidados. A fábrica da Troller passou por mudanças significativas em todos os setores para a produção da segunda geração do jipe. O objetivo foi estruturar a unidade para a ampla renovação feita no veículo, que vai desde a carroceria até a motorização e os equipamentos instalados. Os investimentos na modernização da unidade incluíram novos processos de estamparia, soldagem, pintura e montagem, além da construção e reforma de instalações de apoio. Entre elas, dois novos depósitos de peças, uma pista de testes, estacionamento, portaria, restaurante, vestiários e reforços na infraestrutura — como uma nova subestação de energia, canais de drenagem e sistemas de iluminação e segurança. Jipão cearense está mais musculoso por fora e confortável por dentro Com a ampliação, a fábrica passou a contar com 21 mil metros quadrados de área construída (antes eram 16 mil m²), em uma área total de mais de 95 mil m². A soldagem por robôs e a estamparia de peças por compressão a quente estão entre os novos sistemas adotados na manufatura.

Robôs trabalham na linha de montagem do novo Troller T4 Felipe Tchilian/R7 Robôs e prensa a quente O novo Troller T4 utiliza chassi com perfil retangular fechado e um novo conceito de carroceria, chamado "space frame". A sua estrutura tubular metálica é soldada por robôs, garantindo maior precisão na montagem. Sobre essa base são aplicadas as peças estampadas em compósito especial — material de fibra de vidro resistente ao fogo, corrosão e impactos. A produção dessas peças também é feita por um processo novo e exclusivo, chamado SMC ("Sheet Moulding Compound"), de moldagem por compressão a quente em moldes de aço. Suas principais vantagens são a estabilidade dimensional e resistência, além do menor peso e excelente acabamento de superfície, que refletem na qualidade final do produto, conforme destaca o gerente de operações, Wagner Conceição. — Todas as peças da carroceria são produzidas neste processo, que resulta em um produto de alta qualidade. Os componentes saem prontos para a pintura, sem a necessidade de lixamento e tratamento de superfície. Único no Brasil, este processo é o mesmo usado no Mustang GT e em outros modelos de alta performance.

Felipe Tchilian/R7 Pintura e montagem O sistema de pintura da fábrica também recebeu importantes modificações. Uma nova cabine foi instalada, com uma tecnologia que permite a definição da cor do veículo através do toque de apenas um botão. Ela torna o processo mais rápido e eficiente e conta com equipamentos que reduzem a emissão de compostos orgânicos voláteis. Na linha de montagem foram instalados novos dispositivos, ferramentas e um novo sistema eletrônico para aperto e torque de parafusos. Além disso, a fábrica passou a contar com um novo processo de testes e validação de todo o conteúdo eletrônico dos veículos. Além das mudanças na área de manufatura do Novo T4, os investimentos na planta incluíram a construção de nova portaria, novos vestiários, um novo restaurante para os empregados e uma pista para testes específicos em todos os veículos que saem da linha de produção, com simulação de pisos de estrada e fora de estrada. Segurança e preservação Todo o projeto de modernização da fábrica foi desenvolvido com base em conceitos modernos de ergonomia, segurança e preservação ambiental, para proteção dos operadores e do meio ambiente. O sistema de gerenciamento ambiental da planta inclui coleta seletiva e descarte adequado de todos os resíduos. A reinauguração da fábrica de Horizonte, segundo Conceição, marca o início de uma nova fase para a Troller. — Além de um produto totalmente novo, que incorpora tecnologias avançadas e foi intensamente testado, temos uma nova fábrica, inteira remodelada e com maior capacidade de produção para atender a demanda. Troller quer dobrar volume de vendas com novo T4 *O jornalista viajou a convite da Troller. Saiba tudo sobre carros! Acesse www.r7.com/carros

Publicado em: 2014-07-17T20:30:04-03:00
Ler mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário